Performance de Edith Derdyk e Rodrigo Gontijo | Casa de Cultura do Parque

Nos dias 5 e 6 de outubro (sábado e domingo), a Casa de Cultura do Parque apresenta performance inédita da artista Edith Derdyk. Intitulada Bookscapes: um milhão de chamas, a apresentação acontece em diálogo com a exposição Protolivro, individual que a artista exibe até 13 de outubro no espaço, e será realizada em parceria com o artista Rodrigo Gontigo, e participação especial do músico João Taubkin.

A performance foi inspirada no filme e livro Fahrenheit 451, narrativa ficcional e futurista que aborda a função do livro dentro de uma sociedade controlada. Derdyk compilou trechos da obra em um vídeo e vai projetá-lo sobre a instalação de papel Um milhão de chamas, trabalho que compõe sua exposição.

“O livro de Ray Bradbury, Fahrenheit 451, bem como o filme homônimo dirigido por François Truffaut serão a nossa partitura coreográfica para a construção de imagens vistas, lidas e ouvidas através ações videográficas em estado imersivo” , explica Edith Derdyk.

Para conjugar linguagens aparentemente opostas – a tecnologia do vídeo e a produção artesanal – a artista exibe imagens de livros sendo queimados e, a partir disto, cria desenhos, em tempo real, que sobrepõem tais imagens. As publicações que serão incendiadas por Derdyk foram encontradas em sebos e, na performance, representam a filosofia, as ciências humanas e exatas, a referências sobre as leis não cumpridas e, de certa forma, queimadas da nossa constituição.

Compartilhar: