Zanine ganha exposição em Nova Iorque

© Divulgação

A galeria R & Company anuncia a sua primeira exposição de desenhos históricos de um ícone brasileiro do design, José Zanine. Estas únicas e rarss obras representam algumas das formas esculturais mais inovadoras com o uso extraordinário de madeiras tropicais do século 20. Muitas dessas obras nunca foram expostas antes e vai estrear na galeria pela primeira vez na história. José Zanine abre ao público com uma recepção no próximo dia 2 de Maio.

José Zanine começou sua carreira de design de mobiliário em 1948 com a empresa Móveis Artisticos Z, que seguiu com três parceiros de negócios. Suas peças organicamente elegantes e simples em madeira compensada foram produzidos a um preço que os fez acessíveis para o mercado emergente de coletores com um olho para um estilo moderno. Seus desenhos eram os primeiros no Brasil a utilizar as novas técnicas de contraplacado moldado e dobrados, que também estavam sendo usadas por designers internacionais reverenciados como Charles e Ray Eames nos Estados Unidos e na Europa, por Alvar Aalto.

No início de 1950, Zanine deixou a empresa e voltou ao seu estado natal, Bahia. Fortemente inspirado pelos artesãos locais que esculpiam barcos e móveis a partir de árvores derrubadas, Zanine começou a experimentar a ténica com escarificação em esculturas grandes produzindo obras escultóricas, que se tornou o foco de sua carreira mais tarde. Zanine foi um mordomo dedicado da floresta e defensor da protecção do ambiente. Ele escreveu extensivamente sobre sua ligação filosófica e emocional para a floresta e tentou, sempre que possível, usar árvores já derrubadas ou plantar uma árvore para cada uma que ele usou.

A exposição de José Zanine poderá ser vista a partir de 02 de maio a 23 de junho de 2016. Ao mesmo tempo, a primeira exposição individual de obras de Rogan Gregory poderá ser vista na galeria no térreo, na cidade de Nova Iorque.

Compartilhar: