Tunga expõe obra inédita e abre seu ateliê pela primeira vez para visitação

© Divulgação

A 5ª edição do Festival Novas Frequências, evento internacional de música experimental e explorações sonoras da América do Sul, acontece entre os dias 1 e 8 de dezembro, no Rio de Janeiro, com duas exposições inéditas e gratuitas: a primeira, fotográfica de Fabio Ghivelder, denominada “RECAP”, e a segunda, do contemporâneo Tunga, uma “instauração” batizada “Delivered in Voices”. Ambas acontecerão durante todos os dias de festival no galpão/atelier de Tunga, o Laboratório Agnut, que ele abre pela primeira vez para visitação pública.

As fotografias de Fabio Ghivelder – um multiartista que já executou trabalhos para o MAM-RJ, Itaú Cultural-SP, Galeria Fortes etc, e artistas como Adriana Calcanhoto-Sony, Marisa Monte-BMG e Nando Reis-Warner Music – buscam retratar visualmente o conceito da 5ª edição do festival, ou seja, o “RECAP”, nome comum entre o conceito e a exposição, é a recapitulação de alguns destaques das edições anteriores.

São nove fotografias tiradas entre setembro e outubro de 2015 no Rio de Janeiro e Espírito Santo, com 80×120 cm, montadas em alumínio com o resquadro que dá a sensação das fotos estarem flutuando. “A exposição tem como base o deslocamento, e traz a sensação de se estar em dois lugares ao mesmo tempo, o sentimento de estranheza, um deslocamento no espaço e tempo que convida à reflexão”, conta Fabio.

Já a obra sonora inédita do artista Tunga, “Delivered in Voices”, é um retrato absoluto de seu perfil artístico, ou seja, de um imaginário exuberante que dialoga com diversas técnicas: vídeo, performance, escultura, instalação. A obra é formada por três estruturas de ferro, denominados tripé, que circundam uma quarta estrutura de forma semelhante. Para cada estrutura, há três artefatos protagonistas: um meteoro, um cristal de rocha e uma “Espada de São Jorge”. Existem alto falantes em cada tripé que emitem sons diferentes para cada um desses protagonistas. Em um tripé central, criado para acomodar uma pessoa de pé, possui um sino de cerâmica para a cabeça com microfones que captam o som e propagam o som, criando um clima de confusão.

O obra ganhará diariamente a participação de um artista diferente, eerá uma espécie de ocupação onde diversos artistas sonoros e músicos experimentais irão e dialogar ao vivo com a obra. São eles: Luísa Nobrega e Barrão (30/11 – vernissage apenas para convidados); Ava Rocha & Eduardo Manso (1/12), Dissonambulos (2/12), N-1 (3/12), Lilian Zaremba & Fred Paredes (4/12), Lucas Santtana (5/12), Meteoro (6/12), Thingamajicks & Marcelo Mudou (7/12), DEDO (8/12), Félicia Atkinson (9/12 – encerramento apenas para convidados).

Programação

Terça-feira, 1º de dezembro, das 15h às 17h:

– Instauração “Delivered in Voices” de Tunga com participação de Ava Rocha & Eduardo Manso
– Exposição Fotógrafica “RECAP”, de Fábio Ghivelder

Quarta-feira, 2 de dezembro, das 15h às 17h

– Instauração “Delivered in Voices” de Tunga com participação de Dissonâmbulos
– Exposição Fotógrafica “RECAP”, de Fábio Ghivelder

Quinta-feira, 3 de dezembro, das 15h às 17h

– Instauração “Delivered in Voices” de Tunga com participação de N-1
– Exposição Fotógrafica “RECAP”, de Fábio Ghivelder

Sexta-feira, 4 de dezembro, das 15h às 17h

– Instauração “Delivered in Voices” de Tunga com participação de Lilian Zaremba & Fred Paredes
– Exposição Fotógrafica “RECAP”, de Fábio Ghivelder

Sábado, 5 de dezembro, das 15h às 17h

– Instauração “Delivered in Voices” de Tunga com participação de Lucas Santtana
– Exposição Fotógrafica “RECAP”, de Fábio Ghivelder

Domingo, 6 de dezembro, das 15h às 17h

– Instauração “Delivered in Voices” de Tunga com participação de Meteoro
– Exposição Fotógrafica “RECAP”, de Fábio Ghivelder

Segunda-feira, 7 de dezembro, das 15h às 17h

– Instauração “Delivered in Voices” de Tunga com participação de Thingamajicks & Marcelo Mudou
– Exposição Fotógrafica “RECAP”, de Fábio Ghivelder

Terça-feira, 8 de dezembro, das 15h às 17h

– Instauração Delivered in Voices de Tunga com participação de DEDO
– Exposição Fotógrafica “RECAP”, de Fábio Ghivelder

Compartilhar: