Saiba mais sobre o controverso novo Centro Cultural milionário de Nova York

Quando finalizado em 2019, o Shed servirá como um local de uso misto, trazendo arte visual, dança, performance e muito mais para Hudson Yards de Manhattan. O espaço, que deverá custar cerca de US$ 500 milhões, é apoiado por vários clientes ricos, além de Michael Bloomberg, incluindo Daniel L. Doctoroff, presidente e presidente da Shed, que ajudou a angariar fundos em US$ 421 milhões em direção a um objetivo de US$ 500 milhões. O projeto também recebeu fundos da cidade, com a Bloomberg se apropriando de US$ 50 milhões – que cresceu para US$ 75 milhões – nos meses de pré-eleição em 2013. Ele continua tão empenhado hoje. “Eu sempre acreditei que as artes têm uma capacidade única para beneficiar cidades, atraindo pessoas criativas de todo tipo, fortalecimento das comunidades, e impulsionar o crescimento econômico”, disse Bloomberg em um comunicado ao New York Times.

Não se confunda com seu nome humilde: The Shed, um local de uso misto programado para abrir no lado oeste de Nova York em 2019. Essa orgulhosa bravata estava em plena exibição durante uma pré-visualização de espaço, onde os diretores do projeto estavam comemorando uma bonança anunciada de US$ 75 milhões vinda de uma verba filantrópica do ex-New York City, Michael Bloomberg. (The Shed está pescando por um total de US$ 500 milhões, eles têm apenas US$ 80 milhões restantes para conseguir.)

Então, o que exatamente é o Shed, e por que Nova York precisa disso? No nível mais básico, é um centro cultural localizado na West 30th Street, co-projetado por Diller Scofidio + Renfro e o Rockwell Group, ambientado em meio à febril agitação da construção do projeto Hudson Yards.

“Aparentemente, será um espaço que obsessivamente privilegia a flexibilidade, tanto no design como na programação” disse Alex Poots, fundador do Manchester International Festival, e mais recentemente o diretor artístico do Park Avenue Armory.

Ele lembrou seus primeiros dias no Reino Unido, trabalhando com artistas e suas necessidades variadas: “Alguns, você só poderia fazer coisas no Barbican; Outros, no Tate . Outros, em um campo “. Isso levou ao modelo do Festival Internacional de Manchester, que organizou vários projetos e intervenções em uma variedade de locais em toda a cidade. “Eu nunca estive em uma instituição, em um prédio, sempre trabalhei em diferentes lugares”, explicou. Mas algo sobre a forma física e a missão de Shed desperdiçou seu interesse: “Era um modelo”, disse ele, “parecia que poderia fazer quase tudo”.

“Não existe uma instituição que comissione em todas as formas de arte”, disse Poots. “The Shed será o primeiro centro de comissionamento para todas as artes, desde o desempenho até a arte visual e a cultura pop. Se você pode encomendar tudo, você pode escolher artistas de todos os setores da vida e recebê-los aqui. E, recebendo-os aqui, você recebe o público. Você começa a quebrar esses silos “.

A arquitetura inovadora do edifício parece estar pronta para suportar o peso dessas grandes ambições. O componente principal do site, como avaliam seus designers, é um espaço bastante padrão, de seis níveis, com espaço para galerias, teatros e um “laboratório” que funcionará como uma espécie de residência artística aberta. (A modularidade é a chave em todo o lado, com paredes móveis e opções de insonorização para permitir que vários eventos se desenrolem simultaneamente. Eles também se separaram em um espaço que pode ser alugado para eventos.)

Compartilhar:
Notícias - 05/11/2018

Você acha que conhece Andy Warhol?

Quando Donna De Salvo conheceu Andy Warhol em 1985, ela era uma jovem curadora trabalhando na Dia Art Foundation. Ele …

Notícias - 29/05/2018

Fundação Marcos Amaro abre mostra permanente em sua sede FAMA em Itu

Um panorama abrangente da arte brasileira, com trabalhos dos mais importantes artistas nacionais. Com esse mote, a Fundação Marcos Amaro …

Notícias - 24/10/2016

Héctor Zamora aterriza no CCBB São Paulo

De caráter original arquitetônico e geométrico, a obra do mexicano Héctor Zamora se constrói com frequência a partir de recursos …

Notas - 15/06/2015

Sergio Gonçalves Galeria chega à Europa dia 17

A Sergio Gonçalves Galeria desembarca, pela primeira vez, na oitava edição da The Solo Project, feira de Arte Contemporânea, em …

Notícias - 04/05/2017

Críticas afiadas ao governo Trump por Ai Weiwei e Shepard Fairey

A organização sem fins lucrativos The Skateroom, sediada em Bruxelas, uniu-se a Ai Weiwei e Shepard Fairey para lançar conjuntos …

Notícias - 22/09/2016

Sem Título Galeria abre em Fortaleza

Quando um novo espaço de arte surge na cidade são novos modos de existir que passam a habitar o território. …

Notícias - 04/04/2017

Especial SP-Arte - Nota 12: Gabinete de Arte K2o: De Brasília para o Mundo

De Brasilia, o Gabinete de Arte k2o participa da SPArte 2017, a principal feira de arte do país. O estande …

Notícias - 19/07/2018

Documentário mostra mais de 100 mil replicas de Van Gogh feita por chineses

O clichê do artista faminto assume novas dimensões em “China’s Van Goghs”, um documentário dos pai e filha co-diretores Haibo …

Notas - 01/12/2015

Gabinete de Arte k2o participa da feira Pinta em Miami

O Gabinete de Arte k2o é a primeira galeria de Brasília a participar de uma feira no exterior.

A galeria participa …

Notícias - 20/04/2016

PIMASP – Programa Independente do Museu de Arte de São Paulo

De 19 de abril a 31 de maio de 2016, o MASP abre convocatória para o primeiro PIMASP –Programa Independente …

Notícias - 04/10/2016

Inscrições abertas para 20º Festival Videobrasil

A Dasartes tem o prazer de anunciar a abertura para as inscrições

Acheter sildenafil 50 mg preço


do 20º Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil. Artistas podem …

Notícias - 22/02/2018

Polegar roubado de escultura de um guerreiro de terracota valorizado em US$ 4,5 milhões

Michael Rohana, de 24 anos, foi acusado no início deste mês de remover e roubar o polegar esquerdo da escultura …