Sai museu, entra fábrica de vacina da dengue

© Erico Marmiroli/Divulgação

A sede do Paço das Artes, localizado na Cidade Universitária em São Paulo capital, fechará suas portas no dia 31 de março, dando lugar a uma fárbica de vacina contra a dengue, a ser estruturada pelo Instituto Butantan, proprietários do local.

Ainda segundo a Secretaria Estadual da Cultura a programação de exposições será transferida para o Museu da Imagem e do Som (MIS) e para a Oficina Cultural Oswald de Andrade.

O prédio onde fica o espaço tem arquitetura assinada por Jorge Wiheim nos anos 1970 e o museu funciona desde 1994 com diversas exposições de arte contemporânea, palestras, conferências, cursos e workshops.

Em 2015 a Organização Social (O.S) que administra os espaços do Paço das Artes e do MIS anunciou a demissão de cerca de 20 funcionários, ação esta devido a um novo plano de ajuste fiscal do governo do estado para economia de receita.

Coincidência ou não, já em 2016, o governador do estado Geraldo Alckmin publicou um decreto congelando o orçamento de 2016 em R$ 9,6 bilhões devido a queda de arrecadação em consequência da crise econômica no país. Isto corresponde a 3,3% do total de despesa previsto na lei orçamentária deste ano, que é de R$ 207,4 bilhões.

Compartilhar: