O artista e performance Petr Pavlensky sai da prisão e promotoria o quer de volta por mais 10 anos

Em 13 de setembro, o artista russo Petr Pavlensky foi libertado da prisão preventiva em uma prisão francesa após ser preso em outubro passado e acusado de danos à propriedade por atear fogo à entrada do banco central da França em uma ação que ele chamou de “Iluminação”.

Os promotores, no entanto, estão descontentes com a soltura de Pavlensky e pediram que o artista seja mantido preso por mais 10 anos, segundo Oksana Shalygina, parceira do artista, que falou sobre a audiência com o serviço russo da Radio France Internationale (RFI).

“Os promotores fizeram um longo discurso e definiram cerca de cinco pontos, segundo os quais [Pavlensky] definitivamente não deve ser libertado”, disse Shalygina. Um representante do Banco da França também afirmou em uma audiência de pré-julgamento que a instituição poderia processar Pavlensky por “difamação”, à qual o artista respondeu que o Banco da França é “um símbolo da destruição de todas as iniciativas revolucionárias” e financiou a destruição de 35 mil pessoas ”, segundo Shalygina.

O artista esclareceu sua declaração, fazendo referência ao financiamento pelo Banco da França do massacre de 1871 comunistas , no qual estima-se que 20.000 a 35.000 mortes tenham ocorrido e mais de 43.000 tenham sido presos. Pavlensky também apontou que o Mur des Fédérés ainda está dentro do cemitério de Père Lachaise , marcado por milhares de buracos de balas do assassinato e eliminação de corpos.

“A Bastilha foi destruída por um povo em revolução; o povo destruiu seu símbolo de despotismo e poder ”, explicou Pavlensky na época de sua ação “ Iluminação”, em um comunicado divulgado pela ativista de direitos humanos e líder do FEMEN, Inna Shevchenko. Ele continuou: “O Banque de France tomou o lugar da Bastilha, e os banqueiros tomaram o lugar dos monarcas.”

De acordo com a RFI, o tribunal de Paris determinou que Pavlensky fosse libertado, mas ordenou que ele se apresentasse regularmente à polícia. Em outros lugares, agências de notícias informam que seu julgamento começará em janeiro de 2019.

Fora do tribunal, os ativistas da FEMEN mostraram seu apoio ao artista russo recriando seu primeiro protesto em Moscou. As mulheres costuraram as bocas e ficaram de pé, de topless, com mensagens pintadas de preto no peito, exigindo a libertação de Pavlensky. No Twitter, Schevchenko disse que o grupo “denunciou a repressão desproporcional liderada pelo Estado francês em relação a Piotr Pavlenski [ sic ] e a disposição de amordaçar seu discurso militante e negar sua liberdade de expressão”.

Uma performance de Petr Pavlensky em Moscou

Uma performance de Petr Pavlensky em Moscou

Na última década, Pavlensky cultivou a reputação de radical entre os radicais. Ele fez manchetes por suas ações de violência auto-infligida: fechou a boca para protestar contra a prisão de Pussy Riot (2012); colocando-se, nu, dentro de uma bobina de arames farpados como uma ação de protesto contra a polícia (2013); pregando seu saco escrotal na Praça Vermelha de Moscou para protestar contra a indiferença política na sociedade russa moderna (2013); cortando o lóbulo da orelha para se opor ao uso de psiquiatria forçada em dissidentes (2014); e ateando fogo às portas da Lubyanka, antiga sede da KGB e atual sede do Serviço Federal de Segurança da Rússia (2016).

Em maio de 2017, Pavlensky, sua parceira e seus dois filhos receberam asilo político na França depois de fugir da Rússia pela Ucrânia em janeiro daquele ano. Depois de numerosas detenções por parte de agências policiais russas, Pavlensky foi acusado pelo governo de agressão sexual à atriz Anastasia Slonina.

(Embora muitos tenham questionado as acusações, Slonina e sua trupe teatral, Teatre.doc , defendem as alegações. Tanto Pavlensky quanto Shalygina negaram as alegações .)

Compartilhar:
Notícias - 09/05/2015

Livro reúne 30 anos de trajetória de Lia do Rio

Lia do Rio, conceituada artista contemporânea brasileira, em atividade desde a década de 80, terá, pela primeira vez, sua obra …

Notícias - 24/11/2016

Nazareno lança livro "Somos iguais"

Conhecido por uma obra diversa, que trafega entre desenhos, esculturas, gravuras e miniaturas, o desenhista e artista multimídia Nazareno Rodrigues …

Notícias - 28/11/2017

Em São Paulo, Parque da Juventude recebe obra interativa do artista Marcos Amaro

O parque da juventude é um complexo cultural, recreativo e esportivo, que desde 2007 oferece lazer e entretenimento na Zona …

Notícias - 15/02/2018

Um desenho perdido de Klimt acabou em um armário do ex-secretário de museu

Um desenho de Gustav Klimt que desapareceu de um museu austríaco surgiu no armário de um recém-falecido ex-secretário da instituição. …

Notícias - 28/04/2016

Obra de Chiharu Shiota surpreende na 20ª Bienal de Sydney

A artista japonesa e radicada na Alemanha apresenta uma instalação surreal chamada “Sono Consciente,” que é uma das obras mais …

Notas - 24/11/2017

Conheça os vencedoros do 7º Prêmio Ibema Gravura

O artista e estudante do Museu da Gravura de Curitiba, Igor Rodacki, foi o grande vencedor do 7º Prêmio Ibema …

Notícias - 25/01/2019

Inhotim é evacuado por rompimento de barragem em Brumadinho

O Parque Inhotim determinou na tarde desta sexta-feira (25) o fechamento emergencial após o rompimento de uma barragem da mineradora …

Notícias - 17/11/2016

Kandinsky, Monet, Lichtenstein e Mira Schendel aquecem leilões de NY

Os leilões de arte contemporânea da Phillips e de modernos e impressionistas da Christie’s, no dia 16/11/2016, afirmaram que grandes …

Notícias - 15/12/2015

ArtRio abre inscrições para os programas Panorama e Vista da edição de 2016

Já estão abertas as inscrições para a sexta edição da ArtRio, que acontecerá de 28 setembro a 2 de outubro …

Notícias - 25/03/2015

Residência Artística do Red Bull Station abre edital para a 11ª turma

As inscrições para a 11ª Turma do Programa de Residência Artística do Red Bull Station começam neste 16 de março. …

Notícias - 26/05/2016

Vem aí ArtBasel 2016

A Art Basel retorna para a sua 47 ª edição europeia de 16 a 19 junho com um lineup de …

Notas - 24/09/2015

Antonio Dias na Tate Modern e no MoMA

O artista brasileiro Antonio Dias, representado pela Galeria Nara Roesler, entrou em cartaz esta semana na Tate Modern (UK), integrando …