Guerra e Paz, de Candido Portinari, de volta a Nova York

Doados pelo Brasil à ONU em 1956 e inaugurados em setembro do ano seguinte, os painéis Guerra e Paz, de Candido Portinari (1903-1962), voltaram à sede da instituição, em Nova York, plenamente restaurados e após quatro anos em itinerância nacional e internacional promovida pelo Projeto Portinari. A monumental obra-prima, já reinstalada em seu local de origem – o hall da Assembleia Geral da ONU –, e atualmente coberta por um véu translúcido, será reinaugurada nos Estados Unidos em 8 de setembro, durante cerimônia conduzida por um filme-espetáculo com direção de Bia Lessa.

Entre os convidados estarão Chefes de Estado, Delegados, Embaixadores da ONU, autoridades, artistas, intelectuais, e celebridades do mundo inteiro. “A ideia é propor uma cerimônia que inspire a reflexão de todos sobre a pungente mensagem final de Portinari no contexto atual, sobre os limites da humanidade hoje do ponto de vista humano, ecológico e econômico, e a necessidade imediata de transformação do viver no planeta, fortalecendo a essência da missão da ONU, de transformar aflições em esperança, guerra em paz”, explica João Candido Portinari, fundador e diretor-geral do Projeto Portinari, filho único do pintor.

O Projeto Portinari planeja apresentar no grande Plenário da Assembleia Geral das Nações Unidas (AGNU) um filme-espetáculo, com direção de Bia Lessa, que evidencia a ideia de construção de um mundo mais justo, mais respeitoso do sagrado da Vida, conclamando para isso a convergência das diferentes culturas, da diversidade linguística e artística dos povos e das contradições humanas. A obra estabelece uma relação direta entre o que está sendo apresentado ao vivo e imagens que mostram o diálogo entre a música, a literatura, o cinema, a fotografia, a filosofia, a ciência e a estatística. Ao final do espetáculo, os painéis estarão descobertos para a apreciação do público presente. “O filme-espetáculo propõe a discussão pela qual Portinari deu a vida ao pintar essa obra monumental. A nossa ideia é mostrar que a busca pela paz deve ser um projeto permanente do homem”, afirma Bia Lessa.

A cerimônia na sede da instituição representa a última etapa do Projeto Guerra e Paz, que permitiu que o público tivesse acesso a mais importante obra de Portinari – hoje os painéis não podem ser vistos nem mesmo durante as visitas guiadas à instituição. A obra volta para o hall de entrada da Assembleia Geral da ONU após restauração integral em ateliê aberto ao público e apreciação de mais de 360 mil pessoas no Brasil e na França durante os quatros anos em que permaneceu sob a guarda do Projeto Portinari. “O maior desejo de Portinari era a paz, a fraternidade, a justiça. Desejo ético, que faz com que essa obra vá muito além da arte. Os painéis Guerra e Paz representam também a cultura de paz exercida historicamente pelo Brasil”, afirma João Candido.

Compartilhar:
Notícias - 21/01/2016

Museu Afro Brasil disponibiliza digitalmente importantes obras de arte de seu acervo

Mais de 100 obras da coleção do Museu Afro Brasil podem agora ser vistas por milhões de pessoas em todo …

Notícias - 15/11/2014

Exposição ARTE_DESIGN no espaço EMCB

Com doze artistas e designers, o Espaço Movimento Contemporâneo Brasileiro e a TAL TechArtLab realizam a exposição ARTE_DESIGN no espaço …

Notícias - 19/04/2018

Virgem Maria "escandalosa" do artista Chris Ofili vai para o MoMA

O Museu de Arte Moderna de Nova York recebeu a famosa pintura de Chris Ofili, A Santa Virgem Maria (1996), …

Notícias - 31/03/2014

Abertura da exposição Primeiro Estudo

Abertura da exposição Primeiro Estudo – Sobre Am…TOS Paulo Jabur

Notas - 02/09/2015

Rodolpho Parigi faz performance com levitação, dia 07 de setembro, no CCBB

Um dos destaques da TRIO Bienal será a performance do artista paulista Rodolpho Parigi, no dia 7, segunda, às 19h, …

Notas - 31/08/2018

Últimas vagas: Aprenda Fine Art e Mercadologia

Curso Fine Art e Mercadologia

Inscrições até 2/9

Um curso para quem deseja produzir impressões que são verdadeiras obras de arte.

Seja um …

Notícias - 30/05/2018

Homem bêbado ataca uma das pinturas mais celebradas em museu de Moscou

Uma das pinturas mais famosas da Rússia foi danificada na sexta-feira em Moscou, quando um visitante embriagado na Galeria Tretyakov …

Notícias - 06/07/2017

Família de Franz West ganha batalha legal sobre sua propriedade

A família do falecido escultor austríaco Franz West (Veja aqui matéria sobre o artista na Dasartes 61 – Página 48) …

Notícias - 02/03/2017

Met de Nova York apresenta obras nativas americanas

O Museu Metropolitano de Arte (Met) em Nova York está exibindo a exposição “Obras-primas nativas americanas da Coleção Charles e …

Notícias - 14/05/2015

FRIEZE 2015

A feira de arte Frieze NY que começa dia 14 e vai até o domingo, 17 de maio, tem a …

Notícias - 02/06/2016

Jeff Koons por Damien Hirst

A Galeria Newport Street de Damien Hirst em Londres está apresentando uma mostra individual dos trabalhos do artista americano influente …

Notícias - 22/09/2016

Nelson Leirner no Octógono da Pinacoteca

A Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, apresenta a partir do dia …