Damien Hirst sorteia uma gravura de sua obra

Quem quer ganhar uma tela de Damien Hirst?

O artista britânico Damien Hirst está sorteando uma gravura para um sortudo usuário do Instagram que aparecer com a mais brilhante legenda de uma foto sua pintando quadros de cueca.


“Eu fiz uma série de gravuras de minhas pinturas de véu para apoiar a Serpentine Gallery”, escreveu Hirst aos seus 427 mil seguidores em um post, e ainda faz um desafio. “Quem dar a melhor legenda para esta foto pode ganhar.”
A cópia numerada e assinada em questão é de uma das pinturas de véu manchado do artista chamada “Andromeda” e vale £ 2.500 (US$ 3.288). Foi um dos quatro disponíveis nas edições HENI, sendo os outros Sans Souci, Garden of Dreams e Cannizaro.
Hirst diz que decidirá o vencedor da competição em cerca de uma semana.

Confirmada exposição com a obra mais cara do mundo

É oficial. O “Salvatore Mundi”, de Leonardo da Vinci, a enigmática pintura de Cristo vendida na Christie’s de Nova York por um valor épico de US$ 450 milhões em novembro passado, será exibida no mega museu do Louvre Abu Dhabi em 18 de setembro deste ano, confirmou o museu.
O New York Times informou que a obra foi comprada pelo príncipe saudita como um presente, enquanto os Emirados Árabes Unidos afirmaram que seu próprio Departamento de Cultura e Turismo o comprou através de um comprador substituto.

Menino prodígio de 4 anos pinta telas abstratas que já valem US$ 5.000

O menino prodígio Advait Kolarkar faz pinturas abstratas em um canto criativo de sua casa em New Brunswick, no Canadá. Recentemente foi oferecido uma mostra individual na City Gallery, em Saint John, que já vendeu US$ 55.000 em arte para compradores em todo o mundo. Uma vitória para pais sarcásticos em todos os lugares que afirmam que “meu filho de quatro anos de idade poderiam pintar isso”. Veja a reportagem da BBC e os quadros de Advait.

Família de escultor briga nos tribunais

As crianças e viúva do escultor britânico Lynn Chadwick, que morreu em 2003, estão trancadas em uma batalha sobre sua propriedade. A filha de Chadwick acredita que sua coleção deve ser dividida entre seus filhos, enquanto sua esposa quer que ela seja administrada pela empresa Lypiatt Studio Ltd, da qual ela detém 52% de participação de controle.
Lynn Chadwick foi um dos artistas britânicos mais respeitados do século 20, ganhando o prêmio de escultura na Bienal de Veneza de 1956. Ele criou milhares de peças requintadas, exibindo muitas delas perto de sua casa de campo, Lypiatt Park, em Gloucestershire. A escultura, “Couple On Seat”, foi vendida por £ 1,4 milhões em 2006.
Famous piece: Lynn Chadwick's well-known sculpture Sitting Couple on a Bench

Compartilhar: