Gilberto Salvador: arte e liberdade em espaços públicos

O Parque Cândido Portinari, área de lazer da Zona Oeste de São Paulo, abriga agora a escultura Bicicleta, do artista plástico Gilberto Salvador. A obra foi desenvolvida a partir de uma conversa de Gilberto com seu amigo ciclista, Max Meirelles, que lhe pediu uma escultura com o tema “bicicleta”. O artista, que busca se manter afastado de obras temáticas, em princípio rejeitou a proposta, mas, ao final de uma conversa, decidiu elaborar o projeto. Foi concebida então uma peça a partir de seis círculos e três retângulos, remetendo a um grupo de ciclistas velocistas. A escultura está localizada ao lado da ciclovia do parque e reforça a importância da bicicleta, que é considerada pela ONU o meio de transporte mais sustentável do mundo.

Gilberto Salvador possui uma extensa carreira, marcada por experimentações e sua versatilidade ao longo de mais de cinco décadas. Atualmente, é consagrado por suas diversas obras distribuídas por espaços públicos da cidade de São Paulo. O artista vê a ocupação dos espaços públicos com obras de arte como uma tendência natural da linguagem artística. “Ela leva a um contato direto do artista com o público maior e cumpre a função básica da sociabilidade da arte”, afirma. Gilberto frisa também a participação do grafite e da pichação nessa temática, com um caráter inclusivo significativo.

A obra de Gilberto Salvador passou por muitos desdobramentos ao longo de sua carreira. Nos anos 1960, seus trabalhos foram fortemente marcados pelo engajamento político, mas há muito tempo a política deixou de ser um tema explorado em suas pinturas, gravuras e esculturas. Hoje, Gilberto considera a arte engajada um equívoco romântico de sua juventude, e afirma que a linguagem da arte está acima de qualquer função, inclusive da função política. Além disso, acredita que a arte não deve ser limitada por uma temática definida, por mais criativa que seja a obra. “Para mim, arte é como sexo. Se tiver que ser contextualizado, lá se foi o tesão”.

Ao ocupar um espaço público com arte, Gilberto acredita levar para ele a poética da liberdade. Esse é o verdadeiro compromisso de suas obras. O problema da função, ele prefere deixar para os arquitetos e designers. Sobre o termo “arte pública”, esclarece que toda arte é pública; na medida em que há um público para vê-la, os espaços podem ter outra significação quanto a isso.

Gilberto Salvador revelou com exclusividade seus próximos projetos: ainda este ano realizará uma exposição de gravuras na Pinacoteca Benedito Calixto, em Santos; no próximo ano, levará uma grande exposição para o Museu de Arte Contemporânea de Campinas, e ao longo de tudo isso há projetos em andamento, como uma escultura submarina e esculturas ambientais em outros espaços. O artista considera fundamental ter vários projetos em andamento, acompanhando a velocidade do mundo contemporâneo.

Compartilhar:
Notícias - 28/01/2015

SESC POMPEIA APRESENTA A EXPOSIÇÃO “TERRA COMUNAL – MARINA ABRAMOVI? + MAI”

O Sesc São Paulo apresenta entre os dias 11 de março a 10 de maio de 2015, na unidade Pompeia, …

Notas - 01/07/2015

Museu de Arte do Rio (MAR) recebe obras de Vera Chaves Barcellos

O Museu de Arte do Rio (MAR) acaba de receber obras da artista Vera Chaves Barcellos através de recursos da …

Notícias - 27/04/2017

"Terrorismo, racismo, guerra e revolução" são os temas do programa de cinema da ArtBasel 2017

O programa de cinema da Art Basel deste ano tem uma linha política distinta, com exibições que confrontam questões de …

Notícias - 05/10/2017

Mini tela de Renoir é roubada antes de leilão de Paris

Uma pequena pintura do impressionista francês Auguste Renoir foi roubada de um leiloeiro em um subúrbio de Paris no último …

Notícias - 21/06/2018

Anish Kapoor abre processa por violação de direitos autorais de sua escultura de feijão

O artista britânico Anish Kapoor entrou com uma queixa no Tribunal Distrital dos EUA contra a Associação Nacional de Rifles …

Notícias - 13/12/2017

Casa Parêa: João Pessoa na Paraíba ganha novo espaço de arte

A casa parêa é um espaço autônomo de arte que surge na cidade de João Pessoa, localizada na Praça Antenor …

Notícias - 22/03/2018

Bienal de Sydney: Além do mero espetáculo

Há um trabalho simples e tranquilo do artista belga Michaël Borremans chamado “O Pão” (2012) este ano na Bienal de …

Notícias - 20/10/2016

MoMA surpreende com mostra sobre crise dos Refugiados

“Inseguranças: Traçando Deslocamento e abrigo”, é mais nova exposição no Museu de Arte Moderna de Nova York, com tema que …

Notas - 27/08/2015

Novo trabalho de Antoni Muntadas estreia no 72º Festival de Cinema de Veneza

Em sua 72ª edição, o Festival de Cinema de Veneza convidou o artista Antoni Muntadas para exibir seu último trabalho, …

Notícias - 16/05/2017

Phillips apresenta tela de Willem de Kooning com estimativa de US$ 12-18 milhões

No dia 18 de maio acontecerá a primeira aparição no leilão da Phillips Nova York, da tela “Untitled II” (1980), uma das …

Notícias - 23/11/2017

Bernardo Paz quer saldar dívida com obras do Inhotim

Segundo o jornal O Globo, o empresário Bernardo Paz, criador do Instituto Inhotim, um dos maiores museus a céu aberto …

Notícias - 06/10/2015

Takashi Murakami abrirá sua primeira individual no Japão após 14 anos

Após 14 anos sem uma exposição individual em seu país de origem, o artista Takashi Murakami apresentará The 500 Arhats …