Gerhard Richter doa 18 obras para desabrigados

Venda pretende levantar 1 milhão de euros para ajudar a comprar 100 habitações

O artista Gerhard Richter doou 18 obras para serem vendidas por mais de € 1 milhão para fornecer aos sem-teto acomodações permanentes alugadas em um projeto chamado Habitação Primeiro, no estado alemão da Renânia do Norte-Vestfália.

As obras de 2015 são três séries de seis impressões em offset coloridas em Alu Dibond, intituladas “Cage f.ff”. Elas estão à venda na galeria Fiftyfifty em Düsseldorf, que é afiliada a uma revista para os sem-teto. Richter, que atuou como professor de pintura na Düsseldorf Art Academy até 1993, doou as duas primeiras séries da mesma edição, que é limitada a cinco, para um projeto piloto na cidade em 2015. A doação permitiu à Fiftyfity comprar 48 apartamentos para abrigar 53 pessoas, de acordo com uma porta-voz. Três anos depois, todos eles ainda vivem em suas casas.

O produto da venda das 18 obras ficará estacionado em um fundo que deve permitir a compra de até 100 residências para os desabrigados, segundo o estado da Renânia do Norte-Vestfália, que também contribuirá com € 424.000 para o financiamento para o projeto. O estado, que tem cerca de 25.000 pessoas registradas como desabrigadas, vê a iniciativa Housing First como um projeto piloto de três anos. Ele será administrado pela filial de Der Paritätische da Renânia do Norte-Vestefália, uma organização abrangente que engloba uma série de instituições de caridade.

O programa Housing First, que já foi bem sucedido em Portugal e na Áustria, mas é menos difundido na Alemanha, vai além do fornecimento de alojamento, abordando problemas individuais e ajudando os sem-teto a se estabelecerem em residência de longo prazo.

Fonte: The Art News Paper

Compartilhar: