Especial SP-Arte – Nota 2: Japan House apresenta preview de seu novo espaço em São Paulo

Yayoi Kusama

Com uma das culturas mais visuais do mundo, o Japão apresenta artistas que repensam a arte a partir da inovação da tecnologia e suas práticas, criando obras que transitam livremente entre a escultura, a fotografia, a arquitetura e a instalação. Para apresentar a vertente criativa do país, a JAPAN HOUSE São Paulo participa da 13ª edição da SP-Arte onde ocupa uma área de 320m², o maior espaço individual da feira, que ocorre de 6 a 9 de abril.

O setor JAPAN HOUSE São Paulo dentro da SP-Arte será um preview privilegiado do que o centro cultural japonês pretende entregar aos paulistanos a partir da sua inauguração, na avenida Paulista, 52, no início de maio. Com curadoria de Marcello Dantas, Diretor de Planejamento da JAPAN HOUSE São Paulo, o Setor apresenta sete galerias, 21 obras e 15 artistas japoneses que, por meio de esculturas, pinturas e instalações, revelam as diversas vertentes da cultura japonesa.

Por um lado, será exposto o país urbanizado, moderno, tecnológico e admirador de uma arte matemática e cerebral, que se manifesta na obra de artistas de grande reconhecimento como Tatsuo Miyajima e sua fascinação com os LEDs; Ryoiji Ikeda, com seus números transcendentais impressos no limite da percepção; Hiroshi Sugimoto, com seu Modelo Matemático Número 9, onde o afinamento linear de uma escultura vai reduzindo-se à mais tênue linha metálica de forma exponencial. Por outro lado, exibe-se um Japão mais orgânico e delicado, caracterizado por obras como a de Kishio Suga, que trata da impermanência e instabilidade de um país acostumado a se equilibrar em solo frágil. Ou ainda a obsessão infinita dos pontilhados de Yayoi Kusama e sua arte que ativa algo de insanidade coletiva e, ainda, a série “Direction” de Kohei Nawa, que destaca o perfeito efeito da gravidade com a experimentação de materiais e produtos químicos para a composição de telas aparentemente simples, mas que abrigam um processo meticuloso.

“O espaço apresenta para o público da SP-Arte uma prévia do intercâmbio cultural que a JAPAN HOUSE São Paulo proporcionará aos brasileiros, levando para feira uma seleção de arte extremamente sofisticada e, ao mesmo tempo, profundamente enraizada para ser desvendada”, explica Marcello Dantas.

Artistas

Akira Yamaguchi, Hajime Nakatomi, Hiroshi Sugimoto, Hodo Yako, Jin Morigami, Kazuko Miyamoto, Kishio Suga, Kohei Nawa, Mariko Mori, Ryoji Ikeda, Ryuun Yamaguchi, Tatsuo Miyajima, Tomoko Kashiki, Yayoi Kusama, Yoshitomo Nara

Sobre a JAPAN HOUSE São Paulo
A JAPAN HOUSE São Paulo é uma de três instituições dedicadas a mostrar o melhor do Japão do século 21 que abrirão as portas, neste ano, em Londres e Los Angeles, além da capital paulista, na Avenida Paulista. A partir de sua abertura, o público brasileiro será convidado a ter uma experiência genuína e única da cultura, da tecnologia e dos modos de viver do Japão contemporâneo. Com inauguração em maio de 2017, a JAPAN HOUSE São Paulo promoverá, em seus três andares, exposições, seminários, workshops e atividades que trarão ao Brasil os mais relevantes criadores e empreendedores japoneses da atualidade nas artes, no design, na moda, na gastronomia, na ciência e na tecnologia. O espaço abrigará ainda um restaurante dedicado à gastronomia japonesa, loja de produtos de alta qualidade produzidos no Japão e uma biblioteca, que terá anexo um café.

Veja imagens das obras em nossa galeria.

Compartilhar: