Entrevista com o diretor da ARCOmadrid, Carlos Urroz

Em seu aniversário de 35 anos a ARCOmadrid traz grandes novidades, entre elas a primeira edição internacional da ARCO, em Lisboa.

Confira a entrevista feita com exclusividade pela DASartes com o diretor da feira, Carlos Urroz.

DASartes: Qual é a grande novidade da edição de 35 anos da ARCOmadrid?
Carlos Urroz: Ela marca 35 anos de sucesso da feira, e para essa edição especial nós apresentamos uma nova sessão chamada “Año 35” junto ao programa “Imagining other futures”, que terá mais de 35 galerias internacionais que já estiveram presentes em uma ou mais edições da feira, selecionadas pelas diretoras Maria e Lorena de Corral e pelos curadores Catalina Lozano e Aaron Multon, que escolheram também dois artistas de cada galeria, visando facilitar o diálogo sobre o passado e o futuro da feira.

DASartes: Alguns espaços que não têm qualquer ligação com arte contemporânea receberão intervenções artísticas. Pode nos contar mais sobre isso?
Carlos Urroz: Correto. A nova sessão chamada “Año 35”, curada por Javier Hontoria, irá ressaltar a relação da ARCO com instituições culturais tradicionais de Madrid. As intervenções artísticas acontecerão em diferentes lugares, algumas instituições artísticas e outras sem qualquer ligação com arte contemporânea. Essas intervenções vão sublinhar e ressaltar a identidade de cada local e explorar como ela é percebida hoje. São locais como o Museu de Arqueologia, o Museu Marítimo, o Museu Cerralbo, entre outros. Nós visamos colocar todas essas instituições em conjunto através de exposições de artistas distintos, que se tornarão ferramentas de interação com a cidade e para o conhecimento de lugares que atualmente não fazem parte de nenhuma dinâmica cotidiana.

DASartes: Há galerias brasileiras na feira? Quais?
Carlos Urroz: Sim, com certeza. A ARCOmadrid tem uma grande seleção de galerias brasileiras este ano, incluindo Anita Schwartz, Baró, Casa Triângulo, Dan Galeria, Jaqueline Martins, Leme, Marilia Razuk, Mendes Wood e Vermelho na sessão geral. Na sessão dedicada ao 35º aniversário nós também temos Fortes Vilaça e Luiza Strina.

DASartes: Como você vê o cenário brasileiro?
Carlos Urroz: A arte e o mercado de arte brasileiro são muito atraentes e uma importante conexão geográfica para a ARCO, pois nós sempre buscamos promover a arte da América Latina e os artistas e galerias do Brasil. Nós temos este ano juntas as melhores galerias brasileiras e perfis internacionais, e esperamos ter colecionadores e instituições brasileiras nos visitando e estabelecendo novas conexões e colaborações.

DASartes: Neste ano, a ARCO realizará uma expansão internacional. Por que Lisboa?
Carlos Urroz: Portugal e seu crescente mercado de arte é o destino escolhido pela IFEMA para a organização, além das fronteiras, da primeira feira de arte contemporânea da marca ARCO. A expansão internacional com a ARCOlisboa acontecerá em maio e almeja sensibilizar e aumentar a projeção do atual cenário de arte português. Portugal é definitivamente um dos maiores aliados de longa data da ARCO e foi escolhido como um dos pontos culturais mais atraentes, com um mercado cada vez mais dinâmico, ideal para receber um evento relevante e estável no circuito das feiras, por seu único e elevado contexto artístico, que ajudará a elevar o valor da arte e do cenário cultural português.

Compartilhar:
Notícias - 19/12/2018

Curador da Bienal de Curitiba responde a críticas negativas sobre o trabalho de Dolores Cáceres

No dia 09 de dezembro de 2018, fora publicado um texto na coluna assinada pelo Senhor Paulo Polzonoff no jornal …

Notícias - 27/10/2016

Feira PARTE: Preview e programação completa

A PARTE, feira de Arte Contemporânea, apresenta a partir do dia 02 de novembro, no espaço Hebraica, mais uma edição, …

Notas - 04/09/2015

Associação Chico Lisboa inaugura a primeira exposição da Bienal C em Porto Alegre

A Associação Riograndense de Artes Plásticas Francisco Lisboa inaugura na terça-feira, 15 de setembro, às 19h, nos espaços expositivos do …

Notas - 15/01/2016

“Cavalo” é a mais nova galeria de arte de Botafogo

Centro da efervescência cultural carioca, com seus teatros, cinemas, livrarias e pólo gastronômico, Botafogo será brindado com mais uma novidade. …

Notícias - 30/05/2018

Artista turca usa sangue menstrual para continuar a pintar na prisão

A artista e jornalista turca-curda Zehra Doğan, que recebeu uma longa pena de prisão por um tribunal turco em 2016, …

Notícias - 07/03/2016

A natureza e Marcelo Moscheta em "Sete Quedas" por Redação

Sete Quedas

Veja imagens das obras em Galeria de Fotos.

A instalação que dá nome à exposição ocupa a sala principal da …

Notícias - 08/08/2017

Frestas - Trienal de Artes abre sua segunda edição

Com o tema “Entre Pós-Verdades e Acontecimentos” e curadoria da crítica de arte Daniela Labra, o Sesc abre no dia …

Notícias - 08/01/2016

Fernando Cocchiarale assume a curadoria do MAM do Rio de Janeiro

O presidente do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Carlos Alberto Chateaubriand, anuncia que o novo curador de …

Notícias - 19/05/2014

Exposição "Visões na Coleção Ludwig"

Do expressionismo alemão à arte pop da segunda metade do século XX. Entre os dias 07/05 à 21/07, a exposição …

Notícias - 07/06/2015

Museu de Arte Sacra de Paraty reabre suas portas

Com a missão de pesquisar, conservar, expor e promover culturalmente o acervo de arte sacra pertencente às irmandades religiosas da …

Notícias - 18/05/2016

Um tributo a José Bernnô

A Galeria Estação abre sua nova exposição nesta quinta dia 19 de maio como um tributo ao artista José Bernnô, …

Notas - 23/10/2015

Leilão da Canvas Galeria traz desenhos raros de Cândido Portinari

Conhecer outra faceta de um dos mais importantes pintores da Arte Moderna Brasileira. Isto é sem dúvida o que o …