Curto Circuito: artistas curitibanos abrem suas portas

O espaço onde o artista desenvolve suas obras revela muito sobre seu trabalho e suas inspirações. Por isso, um grupo de artistas visuais de Curitiba se uniu para criar o projeto Curto Circuito, que aproxima arte e público através de visitas em diferentes ateliês da cidade. Com a proposta de desmistificar a ideia de que a arte está restrita a um pequeno grupo, a iniciativa é apoiada pela SIM Galeria, um importante ponto de divulgação da arte contemporânea no Brasil.

Experimental, o circuito ainda pretende criar um ambiente mais aberto para a prática e a reflexão artística, além de formar um movimento catalisador de experiências, que proporciona novos olhares sobre as produções. O projeto também oferece aos visitantes uma maneira privilegiada de conhecer o trabalho dos artistas.

Nesta primeira edição, que acontece nos dias 22 e 23 de novembro, cinco locais de criação estarão abertos ao público, que ainda poderá participar de uma série de atividades. “Acreditamos que a exposição de arte da forma como é tradicionalmente conhecida não é a única maneira de se apresentar um trabalho. Por isso, propomos atividades mutantes, maleáveis e interdisciplinares, que possibilitam mostrar algo entre a obra e seus processos, percorrendo os limites entre o que é público e privado na arte contemporânea”, contam os artistas.

 

ARTISTAS

ANDRÉ AZEVEDO

www.andreazevedoart.com

Sua construção, passível de experimentação, utiliza a combinação de diferentes materiais e técnicas como desenho, pintura, fotografia, costura e colagem . Neste último ano, foi finalista do _International Emerging Artist Award_, participou de exposições no Brasil e no exterior, realizando em Pequim, na China, sua primeira individual. Artista selecionado para o livro _Illustration Now Vol 4_, da editora Taschen. Já colaborou com marcas como Alfa Romeo, Lacoste e Nike.

Endereço: Rua São Francisco 13 – Centro

 

JUAN PARADA

www.juanparada.wordpress.com

Formado em Escultura pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná (EMBAP) em 2002, Juan Parada expõe seus trabalhos desde 1997. Começou a trabalhar com cerâmica em 2003 e foi um dos membros fundadores do coletivo Interluxartelivre, que agitou o meio artístico da capital paranaense na década passada. Atualmente vive e trabalha em Curitiba (PR), sua cidade natal. Entre as últimas mostras realizadas destacam-se a participação nas exposições coletivas Abre Alas 9 – galeria A Gentil Carioca, Rio de Janeiro; Exposição Mirantes – MUV Gallery, Rio de Janeiro; _Art Expo Malaysia 2013_ – _Matrade Exhibition & Convention Centre_, Kuala Lumpur; O Estado da Arte, realizada em parceria com o Coletivo Interluxartelivre no Museu Oscar Niemeyer – Curitiba; além da individual A Memória da Matéria, no Museu da Gravura de Curitiba, e da participação na ArtRio 2014 (representado pela galeria Amarelonegro).

Endereço: Rua Nicolau Maeder, 10 – Ap. 02 – Alto da Glória

 

BIEL CARPENTER

www.bielcarpenter.com.br

Trabalha utilizando diversas mídias, como pintura, desenho e gravura, para evidenciar o momento e cria um recorte temporal que representa uma crônica do cotidiano contemporâneo. Em 2013, foi selecionado para a residência artística da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), além de realizar exposições no Brasil e no exterior. O artista também já colaborou com marcas como Cosac Naif, Absolut Vodka e produz trabalhos para diversos músicos, como Marcelo Camelo, Father John Misty, Michael Kiwanuka, Constantina, Hurtmold, entre outros. Em 2014, lançou seu primeiro livro, batizado de _Felicidade Inóspita_.

Endereço: Rua Dias da Rocha Filho, 1164 – Alto da XV

 

MARIANA ZARPELLON

www.behance.net/marizarp

Natural de Irati (PR), desenvolve projetos de fotografia autoral e comercial, tendo suas fotos publicadas em revistas, jornais e portais, como The Guardian, Rolling Stone, Le Monde, Libération, Billboard.com, Helena, Veja, entre outros. Da fotografia para a pintura, seu projeto em andamento tem como base a construção das imagens, questões levantadas durante uma pesquisa etnográfica realizada em 2011.

Endereço: Rua Dias da Rocha Filho, 1164 – Alto da XV

 

JACK HOLMER

www.jackholmer.com

Em busca de uma poética afetiva tecnológica, o artista percorre a forma tentando visualizar o que carece de conexão, interação e amparo. Os objetos deste afeto poético habitam espaços virtuais e do universo _off-line_, sendo humanos ou não-humanos, mas certos de sua presença e suficiência de manifestação para chamarmos de vida. Jack Holmer possui formação em Artes, é Mestre em Comunicação e Linguagens e professor de Poéticas Tecnológicas na Escola de Música e Belas Artes do Paraná (EMBAP). Entre suas exposições coletivas de destaque estão Duas Décadas de Arte Contemporânea, no Museu Oscar Niemeyer, a Bienal de Curitiba de 2007 e a _3rd Graphite International Conference on Computer Graphics and Interactive Techniques_, na Nova Zelândia, além de individuais no Museu de Arte Contemporânea do Paraná e no Museu da Gravura de Curitiba.

Endereço: Rua Dias da Rocha Filho, 1164 – Alto da XV

 

WILLIAN SANTOS

www.williansantos.com

Atualmente, o artista se dedica a uma pesquisa sobre a transitoriedade. Interessa-lhe o espaço de iminência existente no percurso entre situações de extremos, em um câmbio entre conceitos e meios de execução. Seu trabalho dialoga com diferentes linguagens que excedem elas mesmas, num processo constante e auto-provocativo. Artista indicado ao prêmio PIPA 2014, participou em 2013 da Bienal Internacional de Curitiba e da individual Nem Todo Líquido se Desmancha em Ar, realizada na Galeria Casa da Imagem, em Curitiba.

Endereço: Rua Padre Agostinho, 875 – Ap. 11B – Mercês

 

CONSTANCE PINHEIRO

www.exsicata.tumblr.com

Graduada Engenheira Química pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), a artista e pesquisadora utiliza a linguagem imagética da fotografia para a realização e o entendimento de seu mundo interior e das relações entre os seres. Atualmente, sua produção também incorpora vídeo, música, instalação, palavra e gesto num olhar _site-specific_. Os sistemas de cura, aquilo que não é visível e uma realidade inexplorada são temas de seu interesse. A fotógrafa realiza procedimentos utilizando como base seu próprio corpo e exerce em viagens e expedições seu território de pesquisa e trabalho. Possui em seu currículo publicações, seis individuais e mais de vinte exposições coletivas.

Endereço: Rua Padre Agostinho, 875 – Ap. 11B – Mercês

 

ANDRÉ MENDES

www.andremendes.art.br

A sua linguagem pictórica transforma a concepção de desenho em um meio expressivo, indo dos gestos rápidos e contínuos que o desenho permite, transpondo-os às telas por suas pinceladas, até sua dimensão mais ampla – o desenho como projeto. André absorveu de seus períodos de estudos em Barcelona as noções que colocam o dibujo (esboço) e o diseño (projeto) como parte de um mesmo procedimento artístico primordial – finalizar os trabalhos mantendo as condições de irrealizado, com aspectos de esboço e caráter de projeto, mas que nos sugere um movimento perpétuo. Formado em Design Gráfico pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) e especialista em Desenho Artístico pelo Institut Superior de Disseny y Escola de la Imatge – IDEP, em Barcelona, André tem em seu currículo diversas exposições nacionais e internacionais, entre elas a _Art Expo Malaysia _2014 – KualaLumpur, na Malásia; _Colorflow_, na Galeria RAS, em Barcelona; Elementares, no Museu de Arte Contemporânea do Paraná – Curitiba; O Estado da Arte, realizada em parceria com o Coletivo Interluxartelivre no Museu Oscar Niemeyer – Curitiba.

Endereço: Rua Madre Maria dos Anjos, 1295 – Rebouças

 

ANTONIO WOLFF!

www.antoniowolff.com

Nasceu em Guarapuava (PR) em 1973 e é formado em Design pela Pontifícia Universidade Federal do Paraná (PUC-PR). Praticavafotografia como hobby na adolescência e, há 10 anos, passou a estudar sobre o assunto. Hoje, fotógrafo baseado em Curitiba (PR), trabalha nas áreas de publicidade e moda. Já desenvolveu editoriais, campanhas e anúncios para o Brasil e exterior. Simultaneamente, desenvolve também um trabalho autoral. Pesquisa sobre como a fotografia é lida e como a imagem é percebida dentro de seus diversos usos e estéticas, além do imaginário, sua construção, o tempo fragmentado, a bidimensionalidade, o movimento e outros assuntos. Fez parte do Grupo Cidades Visíveis, do coletivo multidisciplinar Atalho e recentemente do 121coletivo. Participou de coletivas no Brasil e exterior e atualmente prepara sua primeira individual.

Endereço: Rua Madre Maria dos Anjos, 1295 – Rebouças

 

22/11 – SÁBADO

10h – André Azevedo

14h – Juan Parada

17h – Biel Carpenter + Mariana Zarpellon + Jack Holmer

23/11 – DOMINGO

10h – Willian Santos + Constance Pinheiro

15 h – André Mendes + Antônio Wolff

 

SOBRE A SIM GALERIA

Fundada em 2011, a SIM Galeria é comandada por Guilherme e Laura Simões de Assis, que trazem um background familiar de envolvimento com as artes. Sempre priorizando a qualidade de obras e artistas, a galeria surgiu com a proposta de difundir as manifestações contemporâneas de arte. Mais do que um espaço expositivo, a SIM possibilita a troca de experiências e informações entre público e artistas diversos. Com 15 artistas nacionais e internacionais representados e participação nos principais eventos de arte do mundo, como a ArtRio e a SP-Arte, a galeria já se estabeleceu como um importante ponto de divulgação da arte contemporânea no Brasil.

www.simgaleria.com

 

 

Compartilhar:
Notícias - 07/12/2016

Oito artistas iraquianos participarão da 57ª Bienal de Veneza

A Fundação Ruya anunciou que o Pavilhão Nacional do Iraque na 57ª Bienal de Veneza contará com o trabalho de …

Notícias - 12/07/2018

Museu interativo de arte digital abre em Tóquio

Um novo museu de arte foi aberto em Tóquio e os visitantes são convidados a tocar na arte. Os criadores …

Notícias - 20/05/2014

Lygia Clark: o abandono da arte, 1948-1988

O Museum of Modern Art (MoMA), em Nova York, abriu dia 10 de maio, a primeira retrospectiva dedicada a artista …

Notícias - 19/07/2018

Documentário mostra mais de 100 mil replicas de Van Gogh feita por chineses

O clichê do artista faminto assume novas dimensões em “China’s Van Goghs”, um documentário dos pai e filha co-diretores Haibo …

Notícias - 23/11/2017

Quartos do reflexo do infinito de Yayoi Kusama são limitados a 30s de visitação

Com os museus que hospedam um número crescente de instalações de arte altamente imersivas, completamente exageradas e extremamente populares, provavelmente …

Notícias - 24/10/2016

Héctor Zamora aterriza no CCBB São Paulo

De caráter original arquitetônico e geométrico, a obra do mexicano Héctor Zamora se constrói com frequência a partir de recursos …

Notícias - 23/08/2018

Bruxelas recebe um nome de rua muito surreal em homenagem a Magritte

Uma das obras mais conhecidas de René Magritte será comemorada como um nome de rua em Bruxelas – com um …

Notícias - 24/05/2016

Caminhando com Gabriela Machado

Exposição: Monotipias – Phoenix de Gabriela Machado

“Sou o que costumo chamar de uma artista peregrina: caminhando eu faço as minhas …

Notas - 07/08/2015

Guerra e Paz, de Candido Portinari, de volta a Nova York

Doados pelo Brasil à ONU em 1956, os painéis Guerra e Paz, de Candido Portinari (1903-1962), voltaram a fazer parte …

Notícias - 31/03/2014

Abertura da exposição História da Melancolia

Abertura da exposição História da Melancolia, de L…ando Menezes Jr

Notícias - 25/11/2015

Pinacoteca de São Paulo realiza exposição com fotos feitas por deficientes visuais

Os dez alunos do Curso de Fotografia para Deficientes Visuais, realizado pelo Núcleo de Ação Educativa (NAE), da Pinacoteca do …

Notícias - 15/12/2016

Museo del Prado recebe pintura de Velázquez do século 17

O Museo del Prado na Espanha anunciou que estará exibindo um trabalho não publicado do século 17 do mestre espanhol, …