Conservadora descobre desenhos secretos de Basquiat feitos com tinta UV invisível

Emily Macdonald-Korth, uma conservadora de arte de Nova York, pensou que estava indo para um trabalho de rotina no mês passado, quando um cliente pediu que ela confirmasse que a pintura de Jean-Michel Basquiat era de fato feita em 1981.

Ela planejava conduzir análises de pigmentos e elementais, tirar fotografias técnicas e observar a imagem sob luzes UV e infravermelhas. Estava tudo seguindo normalmente até que ela trouxesse sua lanterna UV de mão, normalmente usada para identificar vernizes ou outros sinais que uma pintura sofreu reparo, e desligou as luzes do teto.

Foi quando ela os viu: desenhos que Basquiat havia feito em tinta invisível.

“Eu começo a olhar para essa coisa e vejo essas flechas”, Macdonald-Korth disse à Artnet News. Ela acendeu as luzes novamente para ter certeza de que não estava imaginando as coisas e as flechas desapareceram. Ela apagou as luzes novamente e lá estavam elas: duas flechas desenhadas no que parecia ser um lápis de luz negra, virtualmente idênticas a outras flechas desenhadas visivelmente na tela com barras de óleo vermelhas e pretas. “Eu nunca vi nada assim”, disse ela. “Ele basicamente fez uma parte totalmente secreta desta pintura.”

Na verdade, esta não é a primeira vez que Basquiat é conhecido por usar materiais UV fluorescentes. Em 2012, a Sotheby’s London descobriu que sua pintura Orange Sports Figure, de 1982 – feita poucos meses depois da analisada por Macdonald-Korth – continha uma assinatura de tinta invisível do nome do artista no canto inferior direito. Mas ele nunca foi conhecido por incluir imagens específicas de UV em seu trabalho.

Não está claro se Basquiat pretendia que os desenhos invisíveis servissem como um guia subjacente para a pintura, ou se ele os considerava um elemento do trabalho. Mas Macdonald-Korth acha que eles se encaixam em seu processo maior de pintura sobre uma imagem e deixando-a parcialmente visível.

Macdonald-Korth suspeita que mais desenhos UV aparecerão em outras telas se os donos tiverem tempo para procurar. Por exemplo, uma das obras mais famosas de Basquiat, Poison Oasis, também é de 1981 e contém flechas. “A localização de uma das flechas que encontrei está quase no mesmo lugar que no Poison Oasis, mas apontando para baixo e não para cima”, disse ela.

E não seria difícil descobrir. “Qualquer um que possua um Basquiat deve receber uma lanterna UV de ondas longas. Eles são pequenas lanternas compactas. Você pode obter uma Amazon”, disse ela.

Compartilhar:
Notícias - 14/04/2015

SOS Poesia

SOS Poesia – Renato Rezende e Dirk Vollenbroich
MAR – Museu de Arte do Rio
Curadoria: Paulo Herkenhoff e Clarissa Diniz
De 7 de …

Notícias - 24/01/2018

75 mil pessoas visitaram a exposição de Yayoi Kusama em galeria de Nova York

Quantas pessoas ainda querem ver o trabalho de Yayoi Kusama? Realmente muitas. Na verdade, 65 mil delas esperaram em temperaturas …

Notícias - 03/06/2015

Leilão da Bolsa de Arte agita o mercado

O clima na sala cheia era de descontração e expectativa, com vários figurões do mercado de arte consultando seus catálogos …

Notícias - 20/10/2016

MoMA surpreende com mostra sobre crise dos Refugiados

“Inseguranças: Traçando Deslocamento e abrigo”, é mais nova exposição no Museu de Arte Moderna de Nova York, com tema que …

Notícias - 22/06/2017

Sotheby's quebra recorde para obra de Kandinsky em Londres

A Sotheby’s quebrou o recorde de leilão para Wassily Kandinsky não apenas uma vez, mas duas vezes durante a sua …

Notícias - 23/06/2016

Mário de Andrade modernista

Mário Raul de Moraes Andrade nasceu em São Paulo em 1893 e viveu até 1945, poeta, romancista, etnógrafo, fotógrafo, crítico …

Notícias - 25/01/2018

Artistas criam um cemitério para as coisas que Donald Trump matou em 2017

Na última semana, em um campo de golfe na zona rural de Nova Jersey, um grupo de pessoas que usavam …

Notícias - 02/12/2014

Projeto Latitude apresenta número recorde de galerias nas feiras de Miami

O Projeto Latitude – Platform for Brazilian Art Galleries Abroad, parceria entre a Associação Brasileira de Arte Contemporânea (ABACT) e …

Notícias - 15/03/2018

Cientista brasileiro descobre segredo em desenho de Michelangelo

Um cientista brasileiro afirma que o pequeno esboço de um homem dobrado no canto do desenho de Michelangelo de Vittoria …

Notícias - 08/01/2019

Bienal de Curitiba | 25 Anos é prorrogada até março

Em 2018, Bienal de Arte Contemporânea de Curitiba completou 25 anos de atividade. Como comemoração, elaborou uma programação especial com …

Notícias - 14/12/2018

Chamada aberta: Residência Rijksakademie 2020

O Rijksakademie van beeldende kunsten convida artistas a desenvolverem seu trabalho durante um ou dois anos em Amsterdam.

Os artistas são …

Notícias - 07/01/2016

Mondrian e outros grandes nomes para 2016

O ano mal começou e já começamos a receber ótimas novidades sobre as exposições de peso previstas para 2016.

Para o …