Central Galeria sob nova direção

© Divulgação

Galeria apresenta sua nova fase, que passou por transformações estruturais, visuais e conceituais

Inaugurada em novembro de 2010 por Wagner Lungov, a Central Galeria muda de rumo sob a direção de Daniel de Lavor e Fernanda Resstom. Para marcar essa nova fase, a galeria promove a partir de 30 de março uma reinauguração com a exposição “O muro: rever o rumo”, apresentando trabalhos de 15 artistas de destaque no cenário nacional.

A mostra conta com obras de artistas que procuram em suas poéticas debater, investigar e problematizar nossa relação com a cidade, seja por meio de intervenções que ampliam nossa percepção diante da arquitetura ou de operações que revelam os códigos e interditos que tornam os espaços públicos, possíveis lugares de liberdade, cada vez mais em zonas de controle.

Seja na observação e uso dos materiais próprios da construção, nos deslocamentos de sua percepção ou na denúncia das estruturas de poder que formatam seus usos, a experiência do espaço é revista e desdobrada pelos artistas Alice Quaresma, Amalia Giacomini, Antonio Lee, associação massa falida, Carla Chaim, Carolina Martinez, Estela Sokol, Flavia Mielnik, Felipe Seixas, Gabriela Mureb, Gisele Camargo, Laura Gorski, Jaime Lauriano, Raphael Escobar e Tiago Mestre.

O hall de entrada da galeria, agora sempre de portas abertas, ganha parceria com o Fonte – espaço de ateliês e programa de residência coordenado pelos artistas Marcelo Amorim, Nino Cais e Simone Moraes – que agora ocupa o segundo andar do edifício. Focado exclusivamente na linguagem do vídeo, o programa “Vídeo de hoje” inaugura com uma retrospectiva do longevo projeto Exquisite Corpse da artista Kika Nicolela. Partindo da vontade de tornar o espaço mais convidativo e assim se conectar diretamente com a rua, com seus transeuntes e com a cidade, essa é apenas uma das dinâmicas que pretendem marcar essa nova fase da Central Galeria, que também repensa seus muros e seus rumos.

Compartilhar: