Caverna na Tailândia vai virar Museu

O complexo de cavernas no norte da Tailândia, onde 12 meninos e seu treinador de futebol ficaram presos por mais de duas semanas, deve ser transformado em um museu.

Autoridades de resgate disseram que o museu mostraria como a operação se desenrolou, prevendo que seria uma “grande atração” para a Tailândia.

Pelo menos duas empresas também estão procurando fazer um filme contando a história do resgate.

O grupo resgatado está agora se recuperando no hospital.

Os Navy Seals tailandeses também publicaram imagens dramáticas da operação em si, mostrando como mergulhadores especializados navegaram durante a perigosa jornada até a superfície.

A caverna de Tham Luang é um dos maiores sistemas de cavernas na Tailândia. Encontra-se sob as montanhas ao redor da pequena cidade de Mae Sai, no norte da província de Chiang Rai, na fronteira com Mianmar.

A área é em grande parte subdesenvolvida, com apenas instalações turísticas limitadas.

“A área se tornará um museu vivo, para mostrar como a operação se desenrolou”, disse Narongsak Osottanakorn, ex-governador e chefe da missão de resgate, em entrevista coletiva.

“Será criada uma base de dados interativa. Ela se tornará outra grande atração para a Tailândia”.

No entanto, o primeiro-ministro Prayuth Chan-ocha disse que precauções terão que ser implementadas dentro e fora da caverna para proteger os turistas.

Não está claro se o museu estará operando durante todo o ano, já que a Tailândia está propensa a fortes inundações durante a estação das monções, que vai de junho a outubro.

Foi o início repentino daquela estação chuvosa que prendeu os garotos no subsolo enquanto eles exploravam.

Compartilhar: