Anna Bella Geiger no MoMA e na Paris Photo

© Divulgação

Neste mês de novembro a obra da carioca Anna Bella Geiger vai alcançar nobres salões de arte ao redor do mundo. De 04 de novembro a 03 de janeiro, seus vídeos Passagens, Centerminal e Declaração em retrato – todos de 1974 – e os famosos cartões -postais Brasil-Nativo Indígena, de 1977, estarão em exposição no 6º andar do MoMA, integrando a coletiva Transmissions: Art in Eastern Europe and Latin America, 1960–1980. Em Paris, suas fotos originais (colagens) da série Arte & Decoração, de 1975, e dois envelopes da série Carta a um amigo, da mesma época, farão parte da Paris Photo, no Grande Palais, que acontece na capital francesa entre os dias 12 e 15 de novembro.

No MoMA, a coletiva reúne artistas expoentes das décadas de 60 e 70, de Praga a Buenos Aires. Do Leste Europeu, destacam-se Geta Brặtescu, Tomislav Gotovac, Ion Grigorescu, Sanja Ivekovic, Dóra Maurer, dentre outros. Da América Latina, tambéme estão presentes Beatriz González, Antonio Dias, Lea Lublin, e Ana Mendieta, além do grupo de artistas argentinos agrupados em torno do influente Instituto Torcuato Di Tella, incluindo Oscar Bony, David Lamelas, e Marta Minujín.

Já o renomado evento francês vai reunir, neste ano, mais de 147 das principais galerias de 34 países, reunindo obras históricas e contemporâneas. O Salão de Honra vai sediar a coleção de Enea Righi, com uma seleção de obras de uma dos mais importantes coleções privadas da Itália, com artistas proeminentes como Cy Twombly, Nan Goldin, e Hans-Peter Feldmann, entre outros.

Compartilhar: