Alexandre Rangel venda esculturas no Belas Artes

Alexandre Rangel é no Brasil o primeiro artista da história do MNBA a criar um site especific usando as escultura greco-romana do museu. Neste momento em que um grupo no Brasil, contraste entre liberais e coservadores questiona a arte em sua nudez, ele dá fala a arte e contrapõem o direito a fala na arte. Como toda figura de linguagem, a personificação ou prosopopéia privilegia o aspecto conotativo. Empresta ao trabalho a subjetividade própria deste estilo. E é considerada figura de pensamento, pelo fato de trabalhar com significados escondidos. Ou seja que estejam implícitos na expressão ou vocábulo.

É desta forma que através dela podemos dar vida a qualquer objeto ou animal. Ou melhor dizendo, ela nos permite “personificar” seres inanimados e irracionais no caso as esculturas do MNBA com as vendas.

Esta figura de linguagem, que também podemos chamar de figura de estilo ou de retórica, nos apresenta um lado bastante interessante do trabalho. Ele põe à nossa disposição um recurso estilístico capaz de ampliar as possibilidades de criação. É estratégia que permite que todos os seres tenham voz, atividades, sensações e sintam emoções mesmo não sendo humanas.

O Site Specific Prosopopéia, nos propõem uma reflexão sobre o poder da fala e da liberdade de expressão na arte.

A exposição faz parte da 3ª edição do Festival de Esculturas do Rio com curadoria de Paulo Branquinho.

Museu Nacional de Belas Artes, até 25 de fevereiro de 2018. De Terça a domingo, das 10h às 18h, no Rio de Janeiro.

Compartilhar: