Ai weiwei prepara seu primeiro longa-metragem

© Foto por YANNIS KOLESIDIS © EPA European Pressphoto Agency BV

O artista e ativista chinês Ai Weiwei está filmando seu primeiro filme de longa-metragem, um documentário sobre refugiados.

O artista visitou pela primeira vez a ilha grega de Lesbos em 2015 e, desde então, mudou seu estúdio para lá. Nos últimos meses ele tem documentado a situação dos refugiados na ilha, fotografando e gravando vídeos de pessoas que chegam da Turquia de barco ou já no campo de refugiados Idomeni.

O artista também contratou uma equipe de filmagem profissional e, com a sua ajuda, pretende reunir imagens ao longo do próximo ano. A edição do filme está prevista para mais seis meses. Em suas contas do Instagram e Twitter, o artista documentou suas viagens com sua equipe de filmagem para o Líbano e para o campo de Za’atari na Jordânia, que é o lar de milhares de refugiados sírios. O artista e sua equipe parecem estar viajando contra o fluxo de pessoas que fogem para a Europa a partir do Oriente Médio e Norte da África.

Enquanto isso, uma exposição da obra de Ai Weiwei abre no Museu de Arte das Cíclades em Atenas este mês. Ela contará com 25 obras, incluindo uma nova escultura de mármore inspirado pela recolha e trabalhos feitos em resposta à crise de refugiados arqueológica da instituição.

A exposição acontece de 20 de maio a 30 e outubro em Atenas, Grécia.

Compartilhar: