A poesia visual de Arnaldo Antunes

Considerado um dos artistas mais versáteis da cena contemporânea brasileira, Arnaldo Antunes, mais conhecido por suas produções musicais e literárias, inaugurou, no dia 11 de julho, a exposição “Palavra em Movimento”, no Centro Cultural dos Correios, em São Paulo. Reunindo cerca de 70 obras em diversos suportes produzidas nos últimos trinta anos, essa é primeira grande exposição de Arnaldo, que já participou de importantes mostras coletivas, como as bienais de Havana, São Paulo e do Mercosul, e realizou pequenas mostras individuais, sendo a mais recente na Galeria Laura Marsiaj, no Rio de Janeiro, em 2014.

“Palavra em Movimento” tem curadoria de Daniel Rangel, que, segundo Arnaldo, foi quem sugeriu uma exposição mais abrangente, que englobasse parte significativa de sua produção: “Eu queria muito levar a exposição do ano passado a São Paulo. O Daniel Rangel, que foi o curador, sugeriu fazer algo que englobasse, além desse novo material, produções mais antigas, já que eu tenho colagens, vídeos, objetos, áudios. Eu achei bacana, o Centro Cultural dos Correios topou fazer e o projeto aconteceu. Então partimos para este mosaico do que seria mostrado, foi um processo de seleção conjunta. A exposição se tornou uma produção bem diversificada, fiquei bem contente com o resultado”.

Arnaldo, que classifica suas obras como “poemas visuais” ou “poemas objetos”, tem na palavra a matéria prima fundamental de seu trabalho. Seja em uma colagem, em uma fotografia, em uma instalação ou em um vídeo, o que podemos perceber é uma profunda pesquisa sobre os limites e papeis que a palavra ocupa no espaço e no tempo. Se em suas composições musicais o uso da palavra reforça os elementos rítmicos e melódicos, nas obras visuais destaca-se a materialidade da palavra. O artista acredita que esta materialidade não se sobrepõe aos aspectos semânticos e fonológicos pois “a poesia é onde mais se aproximam forma e conteúdo” e ao tornar um poema objeto, este é imantado “por mais camadas de significação”.

A mostra propõe um recorte cronológico a fim de evidenciar o percurso no qual a poesia de Arnaldo ultrapassa seus limites literários para manifestar-se em outros suportes. O artista revela seu cuidado ao realizar a transposição de um poema para outros meios para que não seja abandonada a significação poética e o resultado não se justifique semanticamente, tornando-se apenas ”um trocadilho, uma coisa tola”.

Segundo o curador da mostra, Arnaldo Antunes “é um artista do presente que aborda temas atuais: conceitos políticos, comportamentais, ecológicos, espirituais e poéticos para diversos públicos e em contato com diferentes mídias”. A exposição vai até o dia 30 de agosto em São Paulo, depois segue para Brasília, onde fica de 10 de setembro a 8 de novembro e encerra-se no Rio de Janeiro de 2 de março a 1º de maio de 2016.

Arnaldo Antunes concedeu uma entrevista exclusiva à Dasartes, que você confere na edição 41, de agosto/setembro, da revista impressa.

Compartilhar:
Notícias - 12/05/2015

Casa Daros deve fechar as portas no fim do ano

Em coletiva de imprensa no dia 13 de maio de 2015, os diretores da Casa Daros anunciam o fim das …

Notícias - 14/01/2015

Entrevista com Marcio Doctors, Curador do Projeto Respiração na Fundação Eva Klabin

Criado em 2004, o Projeto Respiração tem por objetivo criar intervenções de arte contemporânea no acervo de arte clássica da Fundação …

Notícias - 20/04/2017

Novo recorde é esperado por obra de Basquiat por leilão da Sotheby's

“Sem título”, de Jean Michel Basquiat, de 1982, fará parte do Sotheby’s Contemporary Art Evening Auction em 19 de maio, …

Notícias - 08/09/2015

Guerra e Paz, de Candido Portinari, de volta a Nova York

Doados pelo Brasil à ONU em 1956 e inaugurados em setembro do ano seguinte, os painéis Guerra e Paz, de …

Notícias - 06/01/2016

Eduardo Kac em Nova York e outros brasileiros pelo Mundo

O artista carioca Eduardo Kac que já estampou as páginas da revista Dasartes na sessão Ateliê do Artista, está atualmente …

Notícias - 07/01/2015

Conheça os novos artistas selecionados para a Residência Artística do Red Bull Station

Os seis artistas que ocuparão os ateliês da 10a edição da Residência Artística do Red Bull Station, sob curadoria de …

Notícias - 01/11/2016

DOTMOV Festival chega ao Rio de Janeiro

Dotmov é um festival multimídia internacional, criado no Japão, em 2003. Desde 2008, roda pelo mundo sua versão de vídeo …

Notícias - 02/03/2016

Van Gogh em animação

As pinturas de Vincent Van Gogh tem alcançado milhões de fãs ao redor do mundo, o artista é uma grande …

Notícias - 31/01/2019

Filme perturbador sobre regime totalitário é lançado no Pompidou em meio ao caos de alegações do #meetoo

A tão esperada estréia de DAU, o agora notório projeto de filme imersivo sobre a Rússia Soviética pelo cineasta russo …

Notícias - 05/11/2018

Fotografias aéreas revelam impacto ambiental da indústria americana

Os dois últimos séculos de industrialização marcaram a paisagem americana, deixando feridas de poluição que talvez nunca se curem. Áreas …

Notícias - 14/12/2015

Artista brasileiro recebe um dos prêmios de arte digital mais badalados do mundo

“Woman without Mandolin” (”Mulher sem bandolim”) é um filme cubista do cineasta e artista multimídia brasileiro, Fabiano Mixo, como resultado …

Notícias - 17/01/2019

MASP tem entrada gratuita e programação especial no aniversário de São Paulo

O MASP terá uma programação especial para o aniversário da cidade de São Paulo, que neste ano cai numa sexta-feira. A entrada do museu …