França inaugura novo museu com projeto da arquiteta brasileira Elizabeth de Portzamparc

A inauguração do “Musée de la Romanité”, em Nîmes, na França, projetado pela arquiteta e urbanista brasileira Elizabeth de Portzamparc será aberto ao público no próximo dia 2 de junho e será possível apreciar um tesouro arqueológico de 25 mil peças, que cobrem o período gaulês, romano e medieval.

A museografia interativa, também projetada pela arquiteta, possibilita um fascinante percurso por 25 séculos de história. Com área de 9.100 m², o Museu vai abrigar raras coleções arqueológicas, até então guardadas em diferentes reservas técnicas da cidade. O “Musée de la Romanité” traz características que são marcantes na trajetória de Elizabeth de Portzamparc, presente em outros projetos como o GED – Grand Equipement Documentaire (Grande Biblioteca) do Campus Condorcet, em Aubervilliers, e a estação de Le Bourget, na Grande Paris. Suas construções são abertas para a cidade e para seus habitantes, um espaço público acessível a todos e um ponto de encontro.

Compartilhar: