Quem disse que gravura não tem mercado?

© Concert Hall, 1929

Compartilhar: