© Divulgação

DASARTES 06 /

MIS, Bossa, Porto, MAM e o Rio

Após um ano, Raul Mourão despede-se de sua coluna.

O novo Museu da Imagem e do Som (MIS) na Avenida Atlântica, em Copacabana, com projeto do escritório de Nova Iorque Diller Scofidio + Renfro, gera polêmica e entusiasmo. A população já imagina filas na orla para ver Carmem Miranda, Pixinguinha, Grande Otelo, Cartola, Chacrinha, Drummond, Hélio Oiticica e outros ícones da história cultural da cidade. Arquitetos, professores e estudantes questionam o concurso fechado. Ansiedade, medo e euforia em torno de um museu multimídia no bairro cartão-postal que é uma cidade bela e caótica dentro da cidade.

Um espaço para celebrar a história da Bossa Nova, com projeto do escritório Jaime Lerner, ocupará o terreno do batalhão da PM no Leblon. A revitalização da zona portuária prevê um novo equipamento para as artes plásticas no Palacete Dom João VI, no coração da Praça Mauá. O lugar foi anunciado com o pomposo nome de Pinacoteca Municipal, nada mais equivocado e infeliz.

O professor da PUC e crítico de arte Luiz Camillo Osorio é o novo curador do MAM. Em suas primeiras entrevistas no cargo, Camillo anuncia que vai fortalecer ações de pesquisa e educação, uma nova biblioteca e parcerias com a PUC. Artistas plásticos do Rio e de outras cidades se reúnem para manifestar apoio à nova gestão e organizar o movimento pró-MAM. O museu tem história, acervo, arquitetura, paisagismo e extraordinária localização. A cidade precisa do MAM forte nesse momento de transformação urbana.

No meio da crise, o Rio se mexe para combater a decadência geral e o esvaziamento cultural. Uma cidade se reinventando na nossa cara. É tempo de colaborar, de meter a mão para construir um futuro melhor. Eu, você e cada um de nós.

Esclarecimento: Ano passado, o editor da revista, Adolfo Montejo Navas, me convidou para escrever seis colunas neste espaço Alto-falante Dasartes. Esta é a última. Agradeço a oportunidade de chegar aos leitores. Abraços.

Compartilhar:

Confira outras matérias

Matéria de capa

Regina Parra: Eu me levanto

Não é a realidade que é exterior, é que não há exterior em uma prática artística em que o corpo …

Do mundo

500 anos de Tintoretto

Jacopo Robusti, conhecido como Tintoretto, nasceu em Veneza entre 1518 e 1519, não se sabe ao certo. Por ocasião de …

Flashback

Lasar Segall: ensaio sobre a cor

 

Nascido na comunidade judaica de Vilna (Lituânia), Lasar Segall (1891-1957) adquiriu formação acadêmica em Berlim e participou da Secessão de …

Alto relevo

Paul Klee

Poucos artistas do século 20 são tão singulares quanto o suíço Paul Klee. Sua obra é como um grande lago …

Garimpo

Coletivo Lâmina

Em sua 10ª edição, o já tradicional Salão dos Artistas sem Galeria apresenta duas mostras coletivas simultâneas em São Paulo, …

Matéria de capa

Alphonse Mucha

Alphonse Mucha é hoje um dos artistas tchecos mais famosos do mundo. Nascido em 1860 na região da Morávia, ganhou …

Destaque

Rosana Paulino: a costura da memória

Voz singular em sua geração, Rosana Paulino surgiu no cenário artístico paulista em meados dos anos 1990, propondo, de modo …

Do mundo

Anni Albers

Anni Albers começou seus estudos na Escola Bauhaus em Weimar em 1922. Apesar de seu desejo inicial de ser pintora, …

Reflexo

Vinicius SA por ele mesmo

O pensamento científico me influencia pela racionalidade, pelo cálculo e pela possibilidade de antever meus projetos. A prática artesanal é …

Garimpo

Marcel Diogo

A escolha dos leitores da Dasartes para o concurso Garimpo Online 2018/2019 é Marcel Diogo, somando a votação no site …

Resenhas

Resenhas

Intempéries permanentes e Ultramar
Referência Galeria de Arte
Intempéries permanentes – visitação até 23 de fevereiro
Ultramar – visitação até 26 de janeiro
POR …

Destaque

Jean-Michel Basquiat na Fundação Louis Vuitton

Inquebrável

Parece que palavras “tour de force” foram criadas para a exposição épica de Jean-Michel Basquiat na Louis Vuitton Foundation. A …

Matéria de capa

Andy Warhol: de A para B e vice-versa

“Eles não queriam meu produto. Ficavam dizendo ‘queremos sua aura’. Nunca entendi o que queriam.” – Andy Warhol
Esse trecho tirado …

Flashback

Constantin Brancusi

Constantin Brancusi (1876-1957) exibiu pela primeira vez sua escultura em Nova York, no Armory Show de 1913, ao lado de …

Do mundo

Jaume Plensa

“A escultura é a melhor maneira de fazer uma pergunta.” Jaume Plensa

“Firenze II”, de 1992, é um enorme ponto de interrogação …