© Juliana Ribeiro

DASARTES 30 /

Luana Aguiar

Um “gozo silencioso” é a promessa de Luana Aguiar em uma de suas performances mais contundentes.

Um gozo silencioso é a promessa de Luana Aguiar em uma de suas performances mais contundentes. Em?Se me atirares um ovo gozarei em silêncio, a artista se coloca sobre uma base em praça pública, tendo nas mãos uma placa com o título da obra. Uma cesta de ovos está à disposição do público. Mais do que um público especializado, Luana provoca e convida à participação o passante comum, muitas vezes não inserido no “público de arte”. A agressividade é um dos fatores mais marcantes do trabalho, não apenas a dos espectadores, mas, principalmente, a agressividade passiva da artista que, com sua mensagem, é a grande força motriz de qualquer ato que venha a acontecer. Com essa obra, Luana se insere num campo duplo e num lugar de paradoxo da mulher: ao mesmo tempo em que é ativa e libertária, gritando seu estado de prazer e gozo, é submissa ao se expor passivamente à agressão deliberada do outro.

Diferentes afirmações do feminino – que não devem ser confundidas necessariamente com feminismo – são dos principais motes da produção da artista, estando evidentes ainda em obras como?Bem me quer mal me quer, na qual retira vagarosamente todos os pelos de uma de suas sobrancelhas. Tendo como pedestal um banco simples, em suas mãos um espelho evoca as tantas Vênus que afirmaram um padrão de beleza ao longo da História da Arte, ao mesmo tempo em que sua atitude transgressora impõe a figura da mulher para além dos ditames de beleza impostos pela sociedade.

Luana, que iniciou sua trajetória fotografando o próprio corpo para transformá-lo em pinturas, até descobrir que aquilo já não dava conta de seus interesses, não percebeu de imediato como a presença desse corpo de mulher constantemente se evidenciava em suas obras. Para ela, “estabelecer uma poética é um processo de descoberta. Não era claro que o corpo feminino assumia um caráter específico em meu trabalho. Ao longo do tempo, foi ficando evidente. É um processo de amadurecimento da obra”. Formada em Artes Visuais pela UERJ e citando Bataille, Freud, Hélio Oiticica e “as musas da performance” como bases teóricas para sua produção, a artista apresenta alguns de seus trabalhos de 2 a 31 de outubro na 1.ª Bienal do Sertão de Artes? Visuais 2013, na Bahia, onde o público terá a chance de gozar – em silêncio ou não – de sua arte.

Compartilhar:

Confira outras matérias

Matéria de capa

Alphonse Mucha

Alphonse Mucha é hoje um dos artistas tchecos mais famosos do mundo. Nascido em 1860 na região da Morávia, ganhou …

Destaque

Rosana Paulino: a costura da memória

Voz singular em sua geração, Rosana Paulino surgiu no cenário artístico paulista em meados dos anos 1990, propondo, de modo …

Do mundo

Anni Albers

Anni Albers começou seus estudos na Escola Bauhaus em Weimar em 1922. Apesar de seu desejo inicial de ser pintora, …

Reflexo

Vinicius SA por ele mesmo

O pensamento científico me influencia pela racionalidade, pelo cálculo e pela possibilidade de antever meus projetos. A prática artesanal é …

Garimpo

Marcel Diogo

A escolha dos leitores da Dasartes para o concurso Garimpo Online 2018/2019 é Marcel Diogo, somando a votação no site …

Resenhas

Resenhas

Intempéries permanentes e Ultramar
Referência Galeria de Arte
Intempéries permanentes – visitação até 23 de fevereiro
Ultramar – visitação até 26 de janeiro
POR …

Destaque

Jean-Michel Basquiat na Fundação Louis Vuitton

Inquebrável

Parece que palavras “tour de force” foram criadas para a exposição épica de Jean-Michel Basquiat na Louis Vuitton Foundation. A …

Matéria de capa

Andy Warhol: de A para B e vice-versa

“Eles não queriam meu produto. Ficavam dizendo ‘queremos sua aura’. Nunca entendi o que queriam.” – Andy Warhol
Esse trecho tirado …

Flashback

Constantin Brancusi

Constantin Brancusi (1876-1957) exibiu pela primeira vez sua escultura em Nova York, no Armory Show de 1913, ao lado de …

Do mundo

Jaume Plensa

“A escultura é a melhor maneira de fazer uma pergunta.” Jaume Plensa

“Firenze II”, de 1992, é um enorme ponto de interrogação …

Destaque

A vizinhança de Lucia Laguna

As pinturas de Lucia Laguna são inseparáveis do local onde foram feitas: o ateliê-casa da artista e os arredores do …

Garimpo

Gunga Guerra

Nascido em Moçambique e radicado no Rio de Janeiro, Gunga Guerra é a escolha do conselho editorial da Dasartes para …

Resenhas

Resenhas

Amsterdam Art Week
Museus e Galerias • Amsterdã • Países Baixos • 22 a 25/11/2018
POR SYLVIA CAROLINNE

Diversas foram as aberturas ao …

Matéria de capa

Os contos cruéis de Paula Rego

 

“Os contos cruéis”, de Paula Rego, exposição inaugurada em outubro no Museu  L’Orangerie, em Paris, marca um momento importante na …

Flashback

Pieter Bruegel, o velho

Bruegel é um moralista ou fatalista? Otimista ou cínico? Humorista ou um filósofo? Camponês ou habitante da cidade? Folclorista ou …