Inhotim Itinerante Picasso no CCBB

© Pablo Picasso, Mulher sentada apoiada sobre os cotovelos, 1939

O Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) começou 2015 em grande estilo! Enquanto a exposição de Kandisnky faz sua itinerância pelas unidades da instituição (veja nesta edição, na seção “Do Mundo”), outra mostra com grandes nomes começa a circular pelo país.

Em parceria com uma das mais destacadas instituições dedicadas à arte moderna – o Museo Reina Sofía, de Madri –, o CCBB e a Fundação Mapfre trazem obras de Pablo Picasso e de outros artistas modernistas espanhóis da maior importância. Picasso e a modernidade espanhola | Obras da coleção do Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía oferece diferentes abordagens sobre as contribuições do fundador do Cubismo e de seus contemporâneos ao cenário internacional da arte. Com curadoria de Eugenio Carmona, a exposição conta com 90 obras e fica em cartaz até 8 de junho no CCBB de São Paulo, de onde parte para uma temporada de 24 de junho a 7 de setembro no Rio de Janeiro.

A mostra destaca a forma como Picasso concebeu a modernidade e como influenciou ou se relacionou com os principais criadores espanhóis da época, apresentando diálogos e relações entre o próprio Picasso e artistas como Juan Gris, Joan Miró, Salvador Dalí e Óscar Domínguez, entre outros.

Um dos destaques da mostra é o mergulho no imaginário de Picasso, para se perceber como ele concebeu a iconografia de Guernica, uma de suas mais conhecidas obras. Criada como uma reação imediata ao bombardeio nazista que, durante a Guerra Civil Espanhola, matou mais de cem civis na pequena cidade que dá nome à pintura, Guernica, de Picasso, é um pungente e atemporal manifesto em favor da paz.

Com o conjunto emblemático das realizações de um ícone da pintura universal e de outros artistas de primeira grandeza, o público brasileiro poderá, por meio de uma mostra inédita, se aproximar ainda mais desse capítulo da história da arte.

Compartilhar: