DASARTES 12 /

Gabriel Netto

Gabriella Netto e Bárbara

Desenho Instalado nº 2, obra do artista plástico e designer Gabriel Netto, faz parte da exposição Ambientes Mensuráveis, que teve lugar em 2006 na Casa de Cultura Mário Quintana, em Porto Alegre (RS), e foi reeditada para as exposições de que participou pelo programa Rumos Itaú Cultural Artes Visuais, em São Paulo, no Rio de Janeiro e Rio Branco. Composta por três desenhos de sete metros de comprimento por um de largura, feitos de grafite sobre papel vegetal, de onde o artista retira o excesso de grafite da superfície com fitas adesivas, como decalques, que são coladas na parede como cópias da matriz papel, estendida no chão.

Com uma pesquisa voltada para o desenho gestual e abstrato, de onde parte para apropriações, instalações e vídeo-performances, articula materiais e procedimentos de maneira que interajam entre si, “Acabo indicando possibilidades de entendimento e fruição, inclusive para mim.”, diz Gabriel Netto. “Não trabalho a partir de idéias, mas trabalho para tê-las.Preciso do estímulo dessa articulação”, complementa.

Bacharel em Artes Plásticas e mestre e Design e Tecnologia, ambos pela federal do Rio Grande do Sul, Gabriel Netto é também um dos fundadores do Atelier Subterrânea, espaço independente de artes visuais em Porto Alegre, recentemente contemplado com o prêmio Conexões, da Funarte. Sobre o seu envolvimento com arte: “O bom de trabalhar com arte é que é um meio transformador e em transformação. Transformador porque vai alterando nossa maneira de perceber e entender a vida e as coisas. Em transformação porque vai criando intercessões com outras áreas, se hibridizando”.

Para conhecer melhor o trabalho do artista: http://gabrielnetto.blogspot.com/ e http://www.subterranea.art.br/

Compartilhar:

Confira outras matérias

Matéria de capa

Regina Parra: Eu me levanto

Não é a realidade que é exterior, é que não há exterior em uma prática artística em que o corpo …

Do mundo

500 anos de Tintoretto

Jacopo Robusti, conhecido como Tintoretto, nasceu em Veneza entre 1518 e 1519, não se sabe ao certo. Por ocasião de …

Flashback

Lasar Segall: ensaio sobre a cor

 

Nascido na comunidade judaica de Vilna (Lituânia), Lasar Segall (1891-1957) adquiriu formação acadêmica em Berlim e participou da Secessão de …

Alto relevo

Paul Klee

Poucos artistas do século 20 são tão singulares quanto o suíço Paul Klee. Sua obra é como um grande lago …

Garimpo

Coletivo Lâmina

Em sua 10ª edição, o já tradicional Salão dos Artistas sem Galeria apresenta duas mostras coletivas simultâneas em São Paulo, …

Matéria de capa

Alphonse Mucha

Alphonse Mucha é hoje um dos artistas tchecos mais famosos do mundo. Nascido em 1860 na região da Morávia, ganhou …

Destaque

Rosana Paulino: a costura da memória

Voz singular em sua geração, Rosana Paulino surgiu no cenário artístico paulista em meados dos anos 1990, propondo, de modo …

Do mundo

Anni Albers

Anni Albers começou seus estudos na Escola Bauhaus em Weimar em 1922. Apesar de seu desejo inicial de ser pintora, …

Reflexo

Vinicius SA por ele mesmo

O pensamento científico me influencia pela racionalidade, pelo cálculo e pela possibilidade de antever meus projetos. A prática artesanal é …

Garimpo

Marcel Diogo

A escolha dos leitores da Dasartes para o concurso Garimpo Online 2018/2019 é Marcel Diogo, somando a votação no site …

Resenhas

Resenhas

Intempéries permanentes e Ultramar
Referência Galeria de Arte
Intempéries permanentes – visitação até 23 de fevereiro
Ultramar – visitação até 26 de janeiro
POR …

Destaque

Jean-Michel Basquiat na Fundação Louis Vuitton

Inquebrável

Parece que palavras “tour de force” foram criadas para a exposição épica de Jean-Michel Basquiat na Louis Vuitton Foundation. A …

Matéria de capa

Andy Warhol: de A para B e vice-versa

“Eles não queriam meu produto. Ficavam dizendo ‘queremos sua aura’. Nunca entendi o que queriam.” – Andy Warhol
Esse trecho tirado …

Flashback

Constantin Brancusi

Constantin Brancusi (1876-1957) exibiu pela primeira vez sua escultura em Nova York, no Armory Show de 1913, ao lado de …

Do mundo

Jaume Plensa

“A escultura é a melhor maneira de fazer uma pergunta.” Jaume Plensa

“Firenze II”, de 1992, é um enorme ponto de interrogação …