DASARTES 25 /

Furacão Sandy

Furacão Sandy alaga galerias de Chelsea.

Nova Iorque, 15 de novembro de 2012 Duas semanas após a passagem do furacão Sandy por Nova Iorque, as galerias em Chelsea continuam enfrentando grandes dificuldades. Sem telefone e internet, muitas ainda calculam o total dos estragos causados – não só em obras de arte perdidas, mas em infraestrutura e equipamentos danificados. A maioria das galerias possui seguro para obras de arte, mas não para o espaço físico. Sem falar em todos os dias de vendas perdidas, nas aberturas de exposições adiadas, e na escassez da clientela. Galeristas esperam que tudo deve se normalizar em meados de dezembro, quando já terá passado a temporada mais lucrativa do ano, que acontece logo após o fim do verão. É nessa época que os compradores decidem em quais artistas investirão.

Para se ter uma ideia da magnitude do problema, basta imaginar que a água do rio Hudson cobriu quase todas as galerias no nível da rua com pelo menos 1,2 metros de água, e todos os subsolos foram completamente inundados. Pinturas, esculturas, móveis, computadores, livros e arquivos flutuavam nesse cenário devastador. A perda em material histórico é irreparável.

Instituições e indivíduos vieram ao resgate, demonstrando grande solidariedade nesse momento. Especialistas em restauração e conservação de obras de arte visitaram galeria após galeria, oferecendo ajuda para salvar o possível. O Museum of Modern Art (MoMA) organizou duas palestras sobre conservação pós-desastre, em parceria com o American Institute for Conservation (AIC), e o auditório ficou lotado em ambas as sessões. Além disso, a Art Dealers Association of America (ADAA) lançou uma iniciativa na qual galerias localizadas na zona A, a zona mais vulnerável ao furacão, podem solicitar empréstimos ou bolsas para ajudá-las durante esse longo período em que estarão inoperantes.

Enquanto isso, na parte superior de Manhattan, as casas de leilão Sotheby’s e Christie’s venderam ontem e anteontem um total de US$ 787 milhões em arte contemporânea, atingindo recordes e comprovando a força desse mercado.

Compartilhar:

Confira outras matérias

Matéria de capa

Regina Parra: Eu me levanto

Não é a realidade que é exterior, é que não há exterior em uma prática artística em que o corpo …

Do mundo

500 anos de Tintoretto

Jacopo Robusti, conhecido como Tintoretto, nasceu em Veneza entre 1518 e 1519, não se sabe ao certo. Por ocasião de …

Flashback

Lasar Segall: ensaio sobre a cor

 

Nascido na comunidade judaica de Vilna (Lituânia), Lasar Segall (1891-1957) adquiriu formação acadêmica em Berlim e participou da Secessão de …

Alto relevo

Paul Klee

Poucos artistas do século 20 são tão singulares quanto o suíço Paul Klee. Sua obra é como um grande lago …

Garimpo

Coletivo Lâmina

Em sua 10ª edição, o já tradicional Salão dos Artistas sem Galeria apresenta duas mostras coletivas simultâneas em São Paulo, …

Matéria de capa

Alphonse Mucha

Alphonse Mucha é hoje um dos artistas tchecos mais famosos do mundo. Nascido em 1860 na região da Morávia, ganhou …

Destaque

Rosana Paulino: a costura da memória

Voz singular em sua geração, Rosana Paulino surgiu no cenário artístico paulista em meados dos anos 1990, propondo, de modo …

Do mundo

Anni Albers

Anni Albers começou seus estudos na Escola Bauhaus em Weimar em 1922. Apesar de seu desejo inicial de ser pintora, …

Reflexo

Vinicius SA por ele mesmo

O pensamento científico me influencia pela racionalidade, pelo cálculo e pela possibilidade de antever meus projetos. A prática artesanal é …

Garimpo

Marcel Diogo

A escolha dos leitores da Dasartes para o concurso Garimpo Online 2018/2019 é Marcel Diogo, somando a votação no site …

Resenhas

Resenhas

Intempéries permanentes e Ultramar
Referência Galeria de Arte
Intempéries permanentes – visitação até 23 de fevereiro
Ultramar – visitação até 26 de janeiro
POR …

Destaque

Jean-Michel Basquiat na Fundação Louis Vuitton

Inquebrável

Parece que palavras “tour de force” foram criadas para a exposição épica de Jean-Michel Basquiat na Louis Vuitton Foundation. A …

Matéria de capa

Andy Warhol: de A para B e vice-versa

“Eles não queriam meu produto. Ficavam dizendo ‘queremos sua aura’. Nunca entendi o que queriam.” – Andy Warhol
Esse trecho tirado …

Flashback

Constantin Brancusi

Constantin Brancusi (1876-1957) exibiu pela primeira vez sua escultura em Nova York, no Armory Show de 1913, ao lado de …

Do mundo

Jaume Plensa

“A escultura é a melhor maneira de fazer uma pergunta.” Jaume Plensa

“Firenze II”, de 1992, é um enorme ponto de interrogação …