© divulgação

Os principais traços da produção da artista plástica potiguar Danielle Carcav estão presentes em Dois: no campo temático, o olhar infantil, o espaço psicológico, a fusão do real com o imaginário; no formal, a cor como associação icônica e o figurativismo que, ao mesmo tempo, aproxima e perturba. Outra presença importante são os pássaros, como objetos de desejo de quem os aprisiona. A obra encontra-se atualmente na coleção particular de Suzana Queiroga que, ao lado de João Magalhães e Marcel Dzama, foi apontada pela artista como forte referência.

Danielle veio para o Rio de Janeiro em 2008 e começou a fazer alguns cursos na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Participou de salões de arte, com destaque para o de Atibaia, o de Ribeirão Preto e o do Mato Grosso do Sul, no qual ganhou o prêmio de aquisição e menções honrosas. Danielle ressalta a importância dos salões para fazer o trabalho circular e para o intercâmbio entre os artistas. Atualmente, é representada pelas galerias Motor, de São Paulo, e Dumaresq, do Recife.

No momento, está trabalhando no projeto chamado Guardados para habitar o coração, que reunirá cadernos com uma combinação gráfica, pictórica e literária. Para conhecer melhor o trabalho da artista acesse daniellecarcav.com

 

Compartilhar: