Paço Imperial

O Centro Cultural do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional/ Ministério da Cultura (Iphan/MinC), é uma instituição voltada para a pesquisa e a produção de conteúdo e para o mapeamento, o incentivo e a difusão de manifestações artísticas e intelectuais.

Seu principal patrimônio, o prédio do Paço Imperial, é um espaço no qual a memória histórica e cultural da cidade do Rio de Janeiro dialoga com a contemporaneidade por meio de exposições de arte nacionais e internacionais e outras atividades.

Sua inauguração, em 1985, foi um presente para a cidade, que teve de volta um de seus mais representativos edifícios civis coloniais, construído em 1743, em frente ao antigo porto de chegada à cidade, hoje Praça Quinze de Novembro.

Belas linhas e espaços arquitetônicos restaurados mesclam-se com elementos contemporâneos, fazendo do lugar uma opção de fuga privilegiada ao caos da cidade, conjugando memória, arte, cultura e lazer.

Além dos espaços expositivos, a Biblioteca Paulo Santos abriga o acervo originário da coleção particular de Paulo Santos, historiador de arte, arquitetura e urbanismo.

Compartilhar: