Ateliê da Imagem

Parte da tradição de promoção de atividades culturais e educativas do Ateliê da Imagem foi construída através da realização de mostras e exposições de fotografia. Entre 1995 e 2004, foram organizadas dezenas de exposições que tinham como objetivo reunir trabalhos de nomes consagrados ao lado de jovens artistas, proporcionando assim uma oportunidade de encontro e diálogo entre diferentes gerações e entre espaços institucionais tidos como distintos, como a galeria e a escola.

A partir de julho de 2004, a expansão do espaço reservado à galeria tornou-se uma das prioridades do Ateliê da Imagem em sua nova sede. Essa expansão traduziu-se também na abertura do leque de gêneros e linguagens artísticas acolhidos, não se limitando apenas à fotografia. A Galeria do Ateliê é hoje um espaço institucional que tem como foco principal a promoção e divulgação de trabalhos de artistas contemporâneos que utilizem as diversas formas de produção de imagens – fixas e em movimento – como meio de criação e expressão. A galeria tem programação fixa de cerca de cinco exposições por ano, com convidados nacionais e internacionais. Cumpre um importante papel de formadora de público e oferece, por meio de exposições individuais e coletivas, um olhar sobre o panorama atual da criação artística que prioriza a fotografia bem como outras mídias de criação, como o vídeo, o desenho e a instalação.

A Galeria do Ateliê também já participou de eventos internacionais, expandindo seu campo de atuação e apresentando seus artistas para ouros públicos. Ela foi a única convidada do Brasil em 2005 para participar da ArtBO – Feira Internacional de Arte de Bogotá, na Colômbia, pais que tem o segundo maior mercado de arte na América Latina depois do Brasil. Seu stand teve visitação recorde e apresentou a Nanoexposição, em parceria com o coletivo de artistas Grupo DOC (www.grupodoc.net). Em 2008 a organização da feira repetiu o convite e a Galeria do Ateliê levou a exposição coletiva Corpaisagem

Compartilhar: