FAMA estreia segunda mostra permanente de seu acervo

Carmela Gross, Se vende

Obras de Carmela Gross, Leda Catunda, Luiz Zerbini e Arjan Martins integram nova exposição, curada por Ricardo Resende

Disseminar a arte brasileira e apresentar um recorte com trabalhos dos mais importantes artistas nacionais. Esse é o objetivo de Utopia de colecionar o pluralismo da arte, a nova exposição do acervo da Fundação Marcos Amaro (FMA), sediada na Fábrica de Arte Marcos Amaro (FAMA), em Itu, no interior do estado de São Paulo. No dia 13 de abril, a instituição abre mais uma mostra do acervo, com as mais recentes aquisições de nomes expoentes e em ascensão da cena artística do País.

Com curadoria de Ricardo Resende, a mostra aponta para a singularidade da Coleção Marcos Amaro e Ksenia Kogan Amaro: a predileção do casal de colecionadores por esculturas e instalações de grande porte, que ocupam espaços amplos. A exemplo dos trabalhos Se Vende (2005), da artista Carmela Gross, que agora abriga a Sala 4 da Fundação, e ACachoeira (1985), de Leda Catunda, apresentado pela primeira vez na 18ª Bienal de São Paulo, e que agora pode ser vista na Sala 2. “Ambas são obras emblemáticas, mas que, por suas dimensões, demoraram para encontrar o lugar ideal e definitivo em um acervo”, afirma o curador.

Obra de Maria Nepomuceno

A exposição, entretanto, não se limita a trabalhos tridimensionais. Traz, ainda, a tela The Railway Surfer and the Ghost Train (1990), de Luiz Zerbini, fundador do grupo Chelpa Ferro, e a escultura de mais de dois metros Gran titre (1995), de Frida Baranek – nomes expoentes da Geração 80 da arte brasileira.
A elas, se juntam, também, a tela Sem título (2018), que evidencia a pesquisa pictórica de Arjan Martins sobre a história e a relação África-Brasil; escultura de Maria Nepomuceno, na qual a artista se debruça em estudo sobre o corpo e a natureza do micro ao macrocosmos; e trabalhos emblemáticos dos artistas Saint Clair Cemim e Eduardo Berliner.

Com mais de mil obras, a coleção de Marcos Amaro tem sido construída ao longo dos últimos dez anos. De lá para cá, o colecionador tem investido em obras dos mais importantes artistas, com foco maior nos brasileiros. São pinturas, esculturas e fotografias que, juntas, compõem um acervo potente e expressivo da arte brasileira.

Obra de Arjan Martins

Em 2012, o empresário criou a Fundação Marcos Amaro, instalando-se em Itu, cidade a 100 quilômetros da capital. A sede no interior tem como intuito permitir e fomentar a descentralização da arte. A iniciativa é abrigada em uma área de 20 mil metros quadrados, onde no século XIX funcionou a Fábrica São Pedro, importante polo da indústria têxtil, com relevância histórica e cultural para a região.
É lá que hoje funciona a Fábrica de Arte Marcos Amaro (FAMA), projeto e complexo que abraça não apenas o espaço expositivo que possibilitará ao público o acesso ao acervo da Fundação, mas que também abriga ateliês, ocupações e residências artísticas promovidas por meio de editais diversos.

Compartilhar:
De Arte a Z - 10/10/2019

Mostra imersiva para as pinturas fantasiosas do artista chileno Guillermo Lorca impressiona

Em Fires , uma das pinturas menores de Guillermo Lorca, uma jovem garota com um olhar intenso olha para o espectador. Com bochechas …

De Arte a Z - 10/10/2019

Exposição de arte feminista é cancelada na China

A exposição coletiva de arte feminista que ocorreria em Xangai, Nós | Mulher: ninguém nasce mulher, mas torna-se, foi cancelada …

De Arte a Z - 10/10/2019

Empréstimo do Homem Vitruviano de Leonardo da Vinci ao Louvre é cancelado no último minuto

Um tribunal italiano gerou um contratempo nos planos do Louvre para sua exposição Leonardo da Vinci, que marca o 500º …

De Arte a Z - 10/10/2019

Met planeja suas comemorações de 150 anos

O Metropolitan Museum of Art de Nova York comemora seus 150 anos em 2020 – e planeja marcar o evento …

De Arte a Z - 10/10/2019

“Aquário Urbano” será o maior mural de arte urbana de São Paulo, com 10 mil m² de grafite

Intervenção artística, com curadoria do artista Felipe Yung, o Flip, e do produtor cultural Kleber Pagú transformará o Centro de …

De Arte a Z - 03/10/2019

Leonardo da Vinci era alvo de piadas no Renascimento

Longe de ser admirado como um gênio extraordinário, Leonardo da Vinci foi repetidamente enganado e provocado pelos seus cabelos ruivos incomuns e …

De Arte a Z - 03/10/2019

Descoberta: primeira professora de arte de Van Gogh

Vincent van Gogh não se saiu bem na escola primária da vila em Zundert e, aos oito anos de idade, …

De Arte a Z - 03/10/2019

Homem que roubou pintura em plena luz do dia do museu de Moscou é condenado a três anos de prisão

Um homem que roubou uma pintura valiosa da parede da Galeria Tretyakov do Estado de Moscou em plena luz do …

De Arte a Z - 26/09/2019

Quer conhecer a Capela Sistina sozinho?

Em um determinado dia, cerca de 30.000 turistas – seis milhões por ano – fazem fila para ver a Capela …

De Arte a Z - 26/09/2019

Equipe de curadores cria um sistema para os artistas indígenas prosperarem

Ultimamente, a palavra ‘descolonização’ tem sido divulgada em todo o mundo nas artes nacionais e regionais, mas costuma ser mal …

De Arte a Z - 26/09/2019

Conheça o museu que gira 90º

Um novo museu retorcido foi aberto no maior parque de esculturas do norte da Europa. O edifício – chamado The …

De Arte a Z - 26/09/2019

Francesa descobriu que uma pintura em sua cozinha vale até US$ 6,6 milhões

Uma pintura que pairava durante anos sobre uma placa aquecedora na casa de uma mulher idosa ao norte de Paris …