Documentário sobre Tunga chega aos cinemas

Foto: Gabi Carrera

TUNGA, O ESQUECIMENTO DAS PAIXÕES, estreia nos cinemas em 09 de maio. O escritor e editor Miguel De Almeida dirigiu o documentário sobre o primeiro artista contemporâneo do mundo a ter uma obra no Louvre, em Paris.

Conhecido como Tunga, Antonio José de Barros Carvalho e Mello Mourão nasceu em Pernambuco e estudou arquitetura e urbanismo no Rio, onde desenvolveu sua carreira nas artes plásticas iniciada na década de 70. Filho do poeta e jornalista Gerardo de Mello Mourão e de Léa Barros, uma das mulheres que posou para o quadro As Gêmeas, de Guignard, Tunga investigou literatura, filosofia, psicanálise, teatro, cinema e ciências exatas e biológicas para realizar seu trabalho. Desenhista, escultor e artista performático, Tunga é considerado um dos criadores brasileiros mais representativos da arte contemporânea.

E é por meio das múltiplas ações criativas desse artista plástico e da atuação poética e política de seu pai, que o diretor Miguel De Almeida se serve para contar as relações das principais ideias entre política e arte a partir da década de 1970. É o momento no qual as propostas estéticas/políticas enxergam o Brasil não mais como em busca de sua identidade, mas se enxerga parte integrante do mundo, e nele se quer inserido. Passa a discutir questões identificadas com a humanidade e com o homem; deixa de querer ser regional para se tornar internacional. São ideias e artes que fazem do mundo o seu território.

O filme usa a trajetória de Tunga, e de seus companheiros de viagem, como os artistas Miguel Rio Branco e Cildo Meireles, e o criador de Inhotim, Bernardo Paz, para registrar o reconhecimento internacional das obras artísticas forjadas no Brasil dentro de um caráter internacionalista. Não à toa o filme se inicia com a mostra de Tunga na Pirâmide do Museu Louvre, em Paris, até agora o único artista contemporâneo do mundo a ocupar aquele espaço.

O contraponto de seu pai, Gerardo Melo Mourão, é usado para explicitar o choque do arsenal das ideias políticas e filosóficas relacionadas com a literatura no Brasil do século XX. Do integralismo ao comunismo, da poesia regional à poesia interlocutora da dicção internacional, do papel do intelectual e do homem de ação – são alguns dos temas impressos no percurso de Gerardo Melo Mourão com amplas repercussões nos passos artísticos de Tunga.

Com depoimentos de Miguel Rio Branco, Paulo Sergio Duarte, Cildo Meireles, Bernardo Paz, Murilo Salles, Fernando Sant’Anna, Arthur Omar, Cosmo Tomé da Silva, Leonardo Gomes Guimarães e Zé Mario Pereira, Tunga, o esquecimento das paixões traz um mergulho na melhor ação criativa, responsável hoje pelo reconhecimento do artista como um dos mais expressivos da arte contemporânea mundial.

Compartilhar:
De Arte a Z - 18/07/2019

Rapidinhas De Arte a Z

Um colecionador que foi enganado para vender um Brancusi por US$ 100 mil está processando por US$ 200 milhões

O New …

De Arte a Z - 18/07/2019

Museus do grupo Tate declararam uma “emergência climática”

Os diretores das quatro filiais do grupo Tate Britain, Alex Farguharson, Frances Morris, da Tate Modern, Helen Legg, da Tate …

De Arte a Z - 18/07/2019

Artista Zehra Doğan é detida novamente após protesto em museu

A polícia alemã deteve brevemente a artista e jornalista curda Zehra Doğan no último sábado após um protesto que ela …

De Arte a Z - 18/07/2019

Homem invade estúdio de animação japonesa, matando 33 e ferindo 36

Um homem gritando “você morre!” incendiou a construção de um estúdio de animação em Kyoto, no Japão, matando 33 pessoas. …

De Arte a Z - 18/07/2019

Apokalypse | Alex Flemming

Quadros de marcantes e conhecidos monumentos espalhados pelo mundo ocidental e oriental em coloridas explosões e implosões são catástrofes ao …

De Arte a Z - 16/07/2019

Museu de Arte de Baltimore reorganiza suas galerias, concentrando-se em artistas negros

O Museu de Arte de Baltimore anunciou uma ampla reinstalação de suas galerias de coleções contemporâneas que se concentram na …

De Arte a Z - 16/07/2019

Bilionária austríaca abre seu próprio museu em Viena

Uma bilionária austríaca, cuja coleção atraiu recorde e público ao Museu Leopold, está abrindo um museu próprio em Viena. Heidi …

De Arte a Z - 16/07/2019

Arqueólogos acreditam ter identificado um ingrediente improvável usado para construir o Stonehenge

O mundo moderno há muito se maravilhava com o antigo Stonehenge e o mistério sobre como as pessoas pré-históricas erigiram …

De Arte a Z - 16/07/2019

Quais são as 25 obras mais importantes da arte contemporânea?

A T Magazine  reuniu três artistas (Martha Rosler, Rirkrit Tiravanija e Torey Thornton) e dois curadores (David Breslin e Kelly …

De Arte a Z - 15/07/2019

Robert Rauschenberg e o homem na lua

Uma das muitas realizações célebres de Robert Rauschenberg é Stoned Moon (1969-70), uma série de 34 litografias. Rauschenberg foi um dos …

De Arte a Z - 09/07/2019

O Vaticano escondeu representações de sacerdotisas mulheres na arte?

A historiadora de arte Ally Kateusz apresentou um trabalho de pesquisa em Roma argumentando que a igreja ocultava evidências de …

De Arte a Z - 09/07/2019

Melania Trump ganha seu primeiro monumento, e não é bem o que você esperaria

Uma escultura de madeira em tamanho real de Melania Trump apareceu recentemente em cima de um pedestal de árvore nas …