Conheça as exposições e museus mais visitados de 2018

File (Festival de Linguagem Eletrônica) no CCBB Rio de Janeiro fica em 11º lugar na pesquisa.

Quase duas décadas se passaram desde que o Metropolitan Museum of Art, em Nova York, liderou a pesquisa anual de exibição de exposições do The Art Newspaper com sua mostra de 2001 na Vermeer e na Delft School. A instituição norte-americana fez uma reintegração espetacular em nossa tabela de classificação este ano, não apenas com as duas exposições mais populares de 2018. Heavenly Bodies: Fashion e a Catholic Imagination, um Instituto de Figurinos mostram que mesclaram obras de arte religiosas – incluindo 42 peças eclesiásticas da sacristia da Capela Sistina, com alta costura, foi visto por cerca de 1,7 milhões de pessoas (10.919 visitantes por dia), quebrando o recorde anterior do Met definida em 1978 com tesouros do rei Tutancâmon (quase 1,4 milhões).

A maior exposição já montada pelo museu, Heavenly Bodies foi vista por cerca de 1,43 milhões de pessoas no principal local da Met Avenue na Quinta Avenida e mais 230.000 viajaram para Washington Heights para ver sua continuação no Met Cloisters. De acordo com o museu, a mostra ajudou a estabelecer um novo recorde de público para o Cloisters (349.513 no total).

O outro grande sucesso de bilheteria do Met em 2018 foi Michelangelo: Desenhista e Designer Divino (7.893 visitantes por dia), que apresentou escultura, uma pintura e mais de 100 desenhos do mestre da Renascença, bem como uma réplica digital do teto da Capela Sistina, que ocupa o segundo lugar em nossa pesquisa.

O Smithsonian American Art Museum, em Washington, DC, ajudou os EUA a garantir um top 3 com a apresentação gratuita de instalações coloridas do artista coreano Do Ho Suh. Um favorito entre os usuários do Instagram, 7.853 visitantes por dia mergulharam em suas esculturas de tecido em grande escala.

Veja abaixo a tabela das 20 exposições mais vistas do mundo em 2018.

20 principais exposições

O Museu de Xangai, que possui vastas salas de exposição, recebeu cinco das dez exposições mais populares em 2018, incluindo apresentações compostas exclusivamente por coleções de museus estrangeiros. Sua mostra de obras-primas da Tate Britain de Londres atraiu 7.126 visitantes por dia (cerca de 618.000 no total), o que não apenas a torna a quarta exposição mais popular na pesquisa, mas tem o acréscimo de ser o programa mais visitado da instituição no Reino Unido. O museu chinês também colaborou com a Galeria Estatal Tretyakov, em Moscou, para trazer pinturas de um grupo de realistas russos do século 19 para Xangai para uma exposição especial. A mostra do Wanderers atraiu 6.666 visitantes por dia para o museu chinês. Nenhuma das exposições montadas por museus do Reino Unido apareceu nos 20 melhores.

A Fondation Louis Vuitton em Paris e a NGV International de Melbourne se beneficiaram ambas pelo Museu de Arte Moderna (MoMA) na decisão de Nova York de enviar trabalhos da sua coleção para o estrangeiro durante as suas obras de construção. Suas mostras do MoMA atraíram 5.171 e 3.312 visitantes diários para os museus franceses e australianos, respectivamente. Enquanto isso, o desejo do MoMA de entregar todo o seu espaço de exposição no sexto andar para Adrian Piper se mostrou popular, já que o trabalho do artista norte-americano, que aborda questões como racismo e sexismo, foi um sucesso surpreendente (3.993 visitantes por dia).

Os dez museus de arte mais populares

Top 10 museus de arte mais populares

Fonte: The Art Newspaper

Compartilhar:
De Arte a Z - 17/06/2019

28º Prêmio Montblanc de Cultura premia designer brasileiro

O designer brasileiro Marcelo Rosenbaum foi escolhido por seu projeto A Gente Transforma, em Várzea Queimada, Piauí.

Prêmio anual é concedido …

De Arte a Z - 13/06/2019

Museus brasileiros esquivam-se de novas regras da Lei Rouanet

Os museus brasileiros deram um suspiro de alívio após um anúncio do governo, de que mudanças em um esquema de …

De Arte a Z - 13/06/2019

Os 10 melhores estandes da Art Basel

Veja a selelão dos 10 melhores estandes da Art Basel em Basel, por Artsy.

Por Alina Cohen

Agora, em sua 50ª edição, …

De Arte a Z - 13/06/2019

Pavilhão da Bienal de Veneza fecha por protesto

O pavilhão de Hong Kong na Bienal de Veneza anunciou na manhã do dia 12 de junho, que estará encerrando …

De Arte a Z - 13/06/2019

Pintura mais cara da ArtBasel de Peter Doig é uma revenda de garantidor, entenda malabarismo do mercado

Apenas 15 meses depois da tela de Peter Doig “O Lar do Arquiteto no Desfiladeiro” ter arrecadado US$ 20 milhões …

De Arte a Z - 13/06/2019

"Um Brasil frágil", veja os planos para próxima Bienal de SP

Por Taylor Dafoe

Como muitos países em todo o mundo, o Brasil hoje está fundamentalmente dividido. Essa dinâmica nunca foi mais …

De Arte a Z - 13/06/2019

Esposa de famoso artista Pop Art comete suícido

No último domingo à noite dia 9/6, Mary Max, a esposa do artista pop Peter Max, deixou uma longa mensagem …

De Arte a Z - 12/06/2019

Pavilhão da Lituânia na Bienal de Veneza ganha nova vida

Nos dias de abertura da Bienal de Veneza deste ano, uma longa fila para entrar no Pavilhão da Lituânia era …

De Arte a Z - 12/06/2019

"Não seremos apagados": ativistas ocupam El Museo del Barrio

Cerca de uma dúzia de ativistas organizaram um protesto no El Museo del Barrio, em Nova York, como parte de …

De Arte a Z - 12/06/2019

O queer antes do queer

O termo “homossexual” é relativamente novo. De fato, foi cunhado pelo jornalista austríaco e autor Karl-Maria Kertbeny em 1867. Mas …

De Arte a Z - 10/06/2019

Quase 70% dos artistas representados pelas principais galerias de Londres são homens, de acordo com um novo estudo

Um relatório, encomendado pela Freelands Foundation, descobriu que o mundo da arte britânica é um microcosmo da economia maior, onde …

De Arte a Z - 06/06/2019

Casa Parte chega à terceira semana criando pontes entre arte popular e arte urbana

A Casa Parte, novo projeto da Parte Feira de Arte Contemporânea, chega à sua semana final. Entre 6 e 9 …