14ª Bienal de Curitiba anuncia título e conceito curatorial

Em 2019, a Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba entra em sua 14º edição e anuncia publicamente seu conceito curatorial, assinado pelo espanhol Adolfo Montejo Navas e pela brasileira residente em Berlim (Alemanha) Tereza de Arruda: “Fronteiras em Aberto” é o título que alinhava a edição, colocando o tema fronteira em discussão. Com data marcada para acontecer do dia 21 de setembro de 2019 a 23 de fevereiro de 2020, a proposta temática é um diálogo com a nova situação de refronteiras e desfronteiras do mundo atual, com a desconstrução das noções de fronteiras físicas, as transformações que elas sofrem no decorrer do tempo a partir das relações mutantes entre sujeito e espaço, procurando uma nova cartografia simbólica, de novos sinais.

Seguindo uma tradição construída em anos anteriores, esta edição ocupará numerosos espaços da capital paranaense, incluindo diversas instituições e centros culturais, além de galerias de arte e espaços públicos. Fora de Curitiba, a Bienal amplia ainda mais suas sedes com exposições em outras cidades do Paraná e do Brasil, como Florianópolis (Santa Catarina) e Brasília (Distrito Federal). Em Brasília, uma exposição será inaugurada no dia 13 de novembro de 2019 no Palácio Itamaraty (sede do Ministério das Relações Exteriores do Governo Federal) integrando a 11ª Cúpula do BRICS, que este ano é sediada no Brasil, com a presença de Chefes de Estado e Chefes de Governo. A programação geral contemplará a participação de artistas dos cinco continentes, com destaque para artistas de países membros do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).

Além da programação no Brasil, a Bienal prevê a organização de mostras de arte contemporânea em outros países, a partir de cooperações com instituições internacionais. Na América do Sul, Argentina, Paraguai e Uruguai; na Europa, França, Espanha, Suíça e Rússia; e por fim África, na África do Sul.

A Curadoria

Adolfo Montejo Navas (Espanha/Brasil) e Tereza de Arruda (Brasil/Alemanha) assinam o conceito curatorial desta edição, “Fronteiras em Aberto”. Com a realização de uma série de circuitos e diferentes sedes, a Bienal contará com o criterioso trabalho de um grupo de curadores convidados para a programação de Arte Contemporânea, como Massimo Scaringella (Itália/Argentina) e Gabriela Urtiaga (Argentina), Ernestine White (África do Sul), Esebjia Bannan (Rússia), Julie Dumont (Bélgica). Em Florianópolis com curadoria de Juliana Crispe, Sandra Makowiecky, Francine Goudel.

Serão realizadas também exposições com foco em Arquitetura, com a curadoria do arquiteto Daniel Faust (Alemanha/Suíça).

A Bienal de Curitiba promove um consistente Projeto Educativo, que contempla mediações nos espaços expositivos, visitas guiadas a museus, centros culturais e espaços públicos urbanos, atividades de sensibilização de professores e alunos da rede pública e privada, e uma mostra chamada CUBIC, o Circuito Universitário da Bienal de Curitiba. O CUBIC tem a curadoria de Stephanie Dahn Batista e é realizado em cooperação com a Universidade Federal do Paraná e Unespar.

Ao longo da programação acontece ainda uma semana focada na apresentação de performances, que contará com a curadoria de Fernando Ribeiro, artista curitibano especializado em performance.

Compartilhar:
De Arte a Z - 23/05/2019

Rapidinhas De Arte a Z

Uma norte-americana projetará o novo parque da Torre Eiffel
A arquiteta paisagista que vive em Londres, Kathryn Gustafson, nascida nos Estados …

De Arte a Z - 23/05/2019

Museu do Prado elabora plano de evacuação para suas obras de arte

Quatro dias antes de um incêndio devastar a catedral de Notre-Dame em 15 de abril, o Museu do Prado contratou …

De Arte a Z - 23/05/2019

Laptop infectado com vírus mais perigosos do mundo está em leilão por milhões

No início deste ano, uma empresa de segurança cibernética contratou o artista online Guo O Dong para levar um laptop …

De Arte a Z - 23/05/2019

Museu Nacional busca fundos na Europa

O diretor do Museu Nacional do Brasil se dirigiu à Europa ontem para uma viagem de duas semanas para arrecadar …

De Arte a Z - 23/05/2019

Artista fornece um palco para nós tomarmos decisões políticas

Björn Meyer-Ebrecht: Uprising na Owen James Gallery é uma exposição de reposição composta de sete plataformas de madeira e três …

De Arte a Z - 23/05/2019

Cinco décadas de arte feminista da Europa Oriental

States of Focus é um poderoso testemunho para mulheres contemporâneas artistas que suportaram e continuam a suportar ataques à sua …

De Arte a Z - 22/05/2019

Agreste Lenticular: artista resgata técnica do século 19

A técnica lenticular há tempos foi incorporada pela indústria e pode ser vista em brinquedos, agendas, cadernos, e quadros decorativos, …

De Arte a Z - 20/05/2019

Um olhar sem julgamento para nosso impulso por compartilhar imagens

Na série Oportunidades Fotográficas de Courtney Vionnet (2005-14), imagens borradas de locais icônicos, incluindo a Torre Eiffel e o Taj Majal, …

De Arte a Z - 20/05/2019

Cindy Sherman e Catherine Opie revelam um projeto colaborativo de arte vestível

Durante a abertura da Bienal de Veneza de 2019, as artistas Cindy Sherman e Catherine Opie revelaram seu projeto colaborativo: …

De Arte a Z - 16/05/2019

Os 10 melhores pavilhões da Bienal de Veneza. Brasil está na lista.

Por Cassey Lesser

A melhor maneira de tomar o pulso da arte contemporânea em todo o mundo pode ser visitando os …

De Arte a Z - 16/05/2019

Conheça a fabrica de processamento de desejos do coletivo Art Department

O coletivo de arte anônimo conhecido simplesmente como Art Department transformou um prédio desativado em “uma instalação secreta de processamento …

De Arte a Z - 16/05/2019

O artista Christo em novo projeto grandioso

Com pequenos detalhes, mas com grande prazer, Walking on Water segue o artista Christo ao criar uma de suas instalações …