Mario Bands

Por Séverine Grsojean.

Para o artista brasileiro Mario Bands, el street art é a expressão artística que se espalha através dele. Muito jovem, tomou a iniciativa de escrever seu nome nos quatro cantos da cidade do Rio de Janeiro, com um coletivo particando o pixaçao, uma forma de graffiti quase exclusivamente brasileira com seu próprio estilo ortográfico e seu desempenho ilegal e perigoso na alturas da cidade.

Hoje, o universo de Mario mudou. Ele reinventa a imagem da cidade. Ainda inscrito no espaço urbano, ele difunde suas obras geométricas intensas e coloridas em objetos sem interesse da cidade. Retângulos e cubos parecem ser edifícios simplificados. Esta nova identidade dada perturba os transeuntes. Novas formas estão assumindas nas ruas e oferecendo ao público uma galeria de arte ao ar livre. Esses “monólitos urbanos” dispersos, em referência a uma de suas séries, criam um mapa onde a história pessoal de Mario Bands se torna conhecida. Na verdade, cada intervenção realizada e pensada está conectada ao Mario. Ele conhece o bairro:seus hábitos, suas dificuldades e suas possibilidades. Investe a rua como uma reivindicação pelo que faz da cidade: sua cultura popular. O trabalho abstrato de Mario dá um novo significado às aventuras diárias dos habitantes do Rio de Janeiro. Em contato com este trabalho efêmero, cada um vive uma experiência íntima, boa ou má, este não é a questão. Algumas obras de Mario formam um efeito de túnel, onde o nidificação espacial e temporal compõe histórias sem fim. A imagem é cada vez incluída na outra como uma metáfora da sociedade brasileira. A cidade é a soma de todos os indivíduos que a compõem, independentemente de sua origem, status social, orientação sexual ou religião.

Viajando pela cidade com bombas de pulverização multicoloridas, Mario emerge para permitir que todos se apropriam dos objetos do espaço público. As cores e formas de Mario expressam a intensidade vivida e sentida nos distritos do Rio de Janeiro. Ele reivindica esta arte, de Todos para Todos, como André Malraux, um escritor francês, disse: “A arte é o caminho mais curto de homem para o homem”. Os trabalhos de Mario fluem na vida da cidade de forma anônima e silenciosa, pois por Mario Bands o que é importante é transmitir a profundidade vital da arte.

Sem abandonar sua prática urbana, Mario Bands quer contaminar outro público por suas pinturas. Mantendo sua assinatura gráfica e sua energia, ele descobre outra jornada, mais íntima e pessoal. A inspiração é diferente, mas em sua oficina localizada em uma antiga fábrica do distrito de Penha, retrata construções eternas onde a atmosfera do Rio de Janeiro vibra. Suas últimas produções serão exibidas de 14 a 15 de outubro no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro.

Nenhuma imagem anexada.

Compartilhar:
DASartes Viu - - 30/08/2016

Gabriela Machado: Phoenix - Monotipias | Mul.ti.plo Rio de Janeiro

À primeira vista, os quadros expostos lado a lado na galeria Mul.ti.plo parecem pinturas. Há a ilusão de pinceladas aparentes, …

DASartes Viu - - 30/08/2016

Luiz Alphonsus: Bares Cariocas | Galeria Trópica

Luiz Alphonsus foi um expoente de uma geração de artistas que beberam do Rio de Janeiro, de sua noite boêmia …

DASartes Viu - - 30/08/2016

Coleção Airton Queiroz | Espaço Cultural Airton Queiroz - Unifor

A coleção particular de Airton Queiroz tem mais de 800 obras de arte, além das outas quase 800 que fazem …

DASartes Viu - - 05/10/2017

20º Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil

DASartes Viu - - 29/08/2016

Uma frase com três cantos

O primeiro andar da galeria Nara Roesler em São Paulo é tomado por pequenos adesivos recortados em formas milimetricamente geométricas. …

DASartes Viu - - 08/12/2016

Carlos Zilio | MAM Rio

Imagens da exposição “Atensão” de Carlos Zilio no MAM Rio de Janeiro.
Fotos: Paulo Jabur

O MAM Rio inaugura a histórica exposição …

DASartes Viu - - 15/12/2016

OITIS 55 – Um Retrato do Design Carioca | MAM RIO

OITIS 55 – Um Retrato do Design Carioca MAM RIO
Fotos: Paulo Jabur

DASartes Viu - - 30/08/2016

GONÇALO IVO | AURORA - GUSTAVO REBELLO GALERIA

Para esta exposição, o artista selecionou uma maioria de trabalhos em formato menor, de delicadeza e força compatíveis aos dos …

DASartes Viu - - 30/08/2016

Geraldo Melo | Colateral - Tramas Galeria de Arte

As fotos retratam paralelo entre Cuba e os Estados Unidos, um registro do que o artista acredito que em breve …

DASartes Viu - - 30/08/2016

Carlos Vergara | Tatuagens

A exposiçao Inéditos, na Mais Um galeria de arte, em Ipanema, é mais uma prova da infinita capacidade de se …

DASartes Viu - - 30/03/2017

Toz | Galeria Movimento

Abertura da exposição “Risco” de Toz (Tomaz Viana) na Galeria Movimento, Rio de Janeiro.

Fotos: Paulo Jabur

Toz apresenta oito obras …

DASartes Viu - - 30/08/2016

Alexandre Mazza: No deserto, o oásis somos nós | Luciana Caravello

Nesta exposição, a sala do térreo da linda casa ocupada pela galeria Luciana Caravello em Ipanema foi ocupada por instalações luminosas …