Carlos Vergara | Tatuagens

A exposiçao Inéditos, na Mais Um galeria de arte, em Ipanema, é mais uma prova da infinita capacidade de se reinventar de Carlos Vergara. Entre os artistas bem-sucedidos de sua geração, é um dos poucos que segue inovando e buscando cada vez mais aprofundar questões e pesquisas, de materiais e conceitos.

Desta vez, Vergara ressucitou desenhos encontrados em seu ateliê – rabiscos, rascunhos, projetos – e transformou-os em moldes para esculturas de parede, que ele apelidou de tatuagens. São linhas negras de piche, aplicado em um processo cuidadoso e longo, que dá contemporaneidade e força aos objetos.

A exposição ocupa dos dois andares da galeria com obras desta série e traz ainda um vídeo, em que o artista explica o processo de criação e execução destas obras. A curadoria é de Fernando Cocchiarale, que também fez as anteriores na galeria inaugurada no fim do ano passado.

Compartilhar: