Gisela Motta e Leandro Lima

 

 

Nasceram em 1976, em São Paulo onde vivem e trabalham. Formados em Bacharelado em Artes Plásticas pela FAAP, onde começaram a desenvolver seu trabalho em conjunto desde 1997, quando passaram a participar regularmente de salões e diversas mostras coletivas no Brasil e no exterior. Participaram da exposição Território de Contato – Tão Longe Tão Perto, no Sesc _Pompéia, São Paulo. E foram finalistas do Prêmio Nam June Paik Award 2012, na Alemanha. Foram contemplados pelo prêmio CIFO 2010, da Cisneiros Fontanals Art Foundation, em Miami. Foram selecionados pelo programa da Unesco – Aschberg Bursaries for Artist Programme para uma residência artística no Hiap, Helsinki, Finlandia, assim como pelo programa Artist Links – England/Brazil, do British Council para uma residência artística na Inglaterra.

Dentre as exposições individuais que fizeram se destacam em 2012 “Sopro” no Centro Cultural Banco do Brasil no Rio de Janeiro. “Anti-Horário” na Galeria Vermelho em São Paulo. Em 2011, In.situ.ações, Mamam no Pátio, Recife. Em 2009, Sob Controle, Galeria Vermelho, São Paulo. Dial M for Murder, Centro Cultural Britânico_13º Festival Cultura Inglesa, São Paulo.

Dentre as exposições coletivas estacam-se, “1º Bienal Fin del Mundo”, Ushuaia.10º Bienal de Havana- “Integração e Resistência na Era Global”, Havana. “Höhenrausch.2”, OK_Centrum, Linz. “Supertemporal – International Videoart Today”, Kulturhuset Museum, Stockholm. In Transition: Cifo Grants & Commissions Program Exhibition, CIFO, Miami. 17º Festival Internacional de Arte Contemporânea SESC_Videobrasil, Sesc Belenzinho, São Paulo.

Foram agraciados com os prêmios: 2º Prêmio Marcantonio Vilaça, SESI CNI, 13º Prêmio Cultura Inglesa Festival, 8º Prêmio Sergio Motta de Arte e Tecnologia, e CIFO 2010 – Cisneiros Fontanals Art Foundation, Miami, EUA. Em 2012 foram finalistas do Prêmio Nam June Paik Award.

Compartilhar: