Ana Carolina Fernandes

Nasceu no Rio de Janeiro e desde cedo demonstrou uma paixão pela fotografia, ganhando de seu pai, jornalista, sua primeira câmera aos 13 anos.

Formada em Fotografia pela Escola de Artes Visuais do Parque Lage.

Fotojornalista e fotodocumentarista tendo trabalhado nos principais jornais do Brasil como “O Globo”, “Jornal do Brasil”, “Agência Estado” e “Folha de S. Paulo“, nesse último, de 1998 à 2008, na sucursal do Rio de Janeiro.

Ganhadora do Prêmio Folha de Fotografia em 2000 e 2002. Menção Honrosa do Prêmio Pnuma/ Unesco para o Meio Ambiente em 2002. Finalista do Prêmio Libero Badaró em 2002 e finalista do Prêmio Firjan em 2002 e 2003, e também premiada no Wedding
Brasil 2011.

Finalista do Prêmio Conrado Wessel em 2012 com o ensaio Mem de Sá, 100, sobre uma comunidade de travestis que vivem em um casarão na Lapa, Rio de Janeiro.

Participou dos livros coletivos “Praias do Rio” e “História do Fotojornalismo Brasileiro”.

No momento dedica-se a trabalhos autorais e documentais como o livro ”As donas da Bola “ sobre futebol feminino, junto com mais 10 fotógrafas e curadoria de Diogenes Moura.

O ensaio Mem de Sá, 100 foi publicado no Brasil com exclusividade pela Revista Piauí e nos EUA pela BURN MAGAZINE de David Alan Harvey.

Mem de Sá, 100 foi exposto na Galeria Fotospaço no Rio em junho de 2013 e em outubro de 2013 na DOC Galeria. 5 fotos do ensaio foram adquiridas por um renomado colecionador brasileiro.

O projeto está em negociações para ser exibido em Paris e Amsterdã em 2014.

Em fase de finalização estão os livros: “Blocos de Rua do Carnaval do Rio “ e “Prainha”.

Paralelo aos trabalhos autorais, trabalha como colaboradora da agência Reuters e do site internacional CitizenNewZulu, neste publicando fotos das manifestações de rua no Rio de Janeiro.

Por conta dessa documentação dos protestos tem sido convidada para dar palestras em várias universidades para alunos de cursos de Fotojornalismo, dando depoimentos e cedendo fotos para vários filmes em fase de produção.

Compartilhar: