Valdir Cruz | Museu Oscar Niemeyer

© Divulgação

O Museu Oscar Niemeyer (MON) apresenta a mostra do fotógrafo paranaense Valdir Cruz “IMAGO – o olhar do sabiá”. Representado pela Galeria Bolsa de Arte e radicado nos Estados Unidos (Nova York) desde 1978, o artista expõe em Curitiba – depois de um hiato de 25 anos – o resultado de um longo trabalho desenvolvido ao longo de mais de 30 anos no Estado do Paraná. A data da abertura foi escolhida por conta do Dia Internacional da Fotografia.

A exposição apresenta o trabalho de um dos mais respeitados fotógrafos em âmbito internacional. Com curadoria de Rubens Fernandes Junior, trata de três temas – que se transformaram em três livros – todos relativos ao Paraná: “Catedral Basílica de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais” (1991 a 1993), com 30 obras; o ensaio “O caminho das águas” (1994 a 2005) possui 14 fotografias; e o ensaio Guarapuava (1982 – 2011) composto por 36 fotografias da cidade natal do artista, que juntos somam um total de 80 imagens. Sobre este último, o fotógrafo comenta: “Foi um projeto de vida. Trinta anos de fotografia, que resultou em um total de mais de 5 mil negativos”.

Compartilhar: