Steve Miller no espaço anexo da galeria Marsiaj Tempo

Steve Miller - reconhecido por seu trabalho que une arte, ciência e tecnologia - no espaço anexo da galeria Marsiaj.

Em agosto de 2011, Miller trabalhou no Museu Paraense Emílio Goeldi, a mais antiga instituição de pesquisa científica sobre a Amazônia brasileira localizada em Belém do Pará. Usando equipamento de Raio X, ele registrou animais da região, sempre em preto e branco. Esse trabalho é extensão do projeto “Saúde do Planeta” – iniciado em 2007 – quando registrou plantas amazônicas. Parte do resultado obtido nessa ocasião será mostrado no espaço anexo da galeria, em preto e branco, no formato 60X70cm.

Com mais de 30 mostras individuais realizadas nos EUA, França, Alemanha, Inglaterra, Suíça, China, Brasil, o interesse do artista se volta para a intercessão da arte à pesquisas e técnicas do universo da medicina (como o raio X), o universo da moda e da natureza. Em 1988, começou a trabalhar com biologia molecular produzindo retratos de naturezas-mortas com tecnologias médicas, incomuns no universo da arte. Le Monde (França), Suddeutsche Zeitung (Alemanha), New York Times, The Boston Globe, Art Forum, Art News, Art in America (EUA) já publicaram críticas sobre o seu trabalho.

Steve Miller

Steve Miller nasceu em Buffalo, Nova Iorque, onde morou até se formar na escola secundária. Após concluir a Faculdade de Middlebury em Vermont, morou dois anos em Provincetown, Massachusetts, quando foi membro honorário do “Fine Arts Work Center”. Atualmente, divide o seu tempo entre Nova Iorque, como professor na “School of Visual Arts”, e Sagaponack, pequena cidade onde instalou seu estúdio num antigo celeiro de batatas.

Desde 2007, Miller trabalha num projeto fotográfico sobre a Amazônia: “Health of the Planet” (Saúde do Planeta). O artista tem feito exposições pelo mundo todo, incluindo individuais no White Columns, Artists Space, Public Art Fund-Times Square Electronic Billboard, CAPC Musèe Bordeaux, Hong Kong Arts Center e Galerie Albert Benamou em Paris. Ele é representado por galerias em Paris, Munique, Basel, Bern, Buffalo, Rio de Janeiro e Nova Iorque.

Abertura: 24 de fevereiro, às 19h
Visitação: 25 de fevereiro a 28 de março
Galeria Marsiaj Tempo/ ANEXOTeixeira de Mello, 31 loja B
Rio de Janeiro RJ
De terça a sexta, das 10h às 19h
Sábados de 11 às 16h

Entrada Franca

 

 

Compartilhar: