Re-existência da arte e política – 1964-2014

No dia 12 de abril, sábado, às 11h, será inaugurada a exposição “Ressonâncias de 64: Re-existência da arte e política”, com curadoria de Luiz Guilherme Vergara e obras do acervo MAC – João Sattamini. A mostra é uma homenagem à geração de artistas que influenciaram os ‘anos de chumbo’, a partir do golpe militar do ano de 1964. Trata-se de uma parceria com o Museu do Ingá, em Niterói, que também apresenta obras que mostram esta passagem de 50 anos.

Compartilhar: