Provence en hiver | Lombardi Galeria

A Lombardi Galeria inaugura a mostra de fotografias “Provence en hiver”, com trabalhos de André Cunha, Bernardo Dorf, Leco Jucá, Lucas Pacífico, Marcelo Hein, Márcio Távora, Monica Paes e Paola Vianna, além dos coordenadores do projeto Helena Rios e Marcelo Greco. Os 100 trabalhos expostos são resultado da residência artística “Mudança de biótopo e outra perspectiva”, ação do Territoire Sensible, realizada no início de 2018, na região da Provence, sul da França.

As escolhas técnicas são variadas. Helena Rios, Lucas Pacífico, Marcelo Greco e Márcio Távora apresentam ensaios puramente analógicos, formados por imagens captadas com filmes analógicos – preto e branco ou colorido, 35mm ou de médio formato – e ampliados em silverprint ou C-print. Marcelo Hein optou pela mistura de técnicas: imagens captadas com filme analógico são tratadas e impressas digitalmente. André Cunha, Bernardo Dorf, Leco Jucá, Monica Paes e Paola Vianna exibem ensaios formados por imagens captadas e impressas digitalmente. Márcio Távora expõe também um pequeno filme captado com câmera super 8. Os artistas mostram seus universos em tamanhos e montagens bastante variados, a depender do tipo de interação que desejam estabelecer entre espectadores e obras.

A exposição é também heterogênea no que diz respeito ao percurso artístico dos participantes. Artistas no início de suas carreiras dividem espaço com outros já estabelecidos. A união dos ensaios traz, porém, um bonito e harmonioso retrato da região da Provença na estação do inverno. Um anti-clichê. O avesso das paisagens tão conhecidas da região durante as estações da primavera e do verão, das lavandas, vinhas e turistas.

TERRITOIRE SENSIBLE

Territoire Sensible é um espaço de liberdade e uma ferramenta para ação e reflexão. A residência artística “Mudança de biótopo e outras perspectivas” teve como objetivo a inserção dos artistas participantes em um novo biótopo, do qual à princípio eram estrangeiros. Sob direção artística de Pierre Devin, os artistas deveriam, a partir de pesquisas sobre a região e do contato com o biótopo em questão, desenvolver ensaios fotográficos autorais. Dentre os projetos desenvolvidos pelo Territoire Sensible está a Missão Lance Ventoux – MLV, idealizada por Pierre Devin e Fabiana Figueiredo. A MLV tem como sede e objeto de estudo a região da Provence. Pretende questionar as mutações do território e da vida dos cidadãos. Longe de um inventário ilustrativo, o questionamento se orienta em direção aos pontos sensíveis. A luz, o espírito do lugar, o olhar, mais do que os conceitos, são produtores de formas, de senso e do sensível. A produção de obras originais ou inéditas, testemunhas do engajamento poético dos autores, contribuirá a uma reflexão sobre o mundo e sobre as formas que dele se apropriam. Alguns dos ensaios produzidos durante a residência foram selecionados pelos diretores artísticos para integrar o acervo da MLV. A residência, ação do Territoire Sensible, contou com a parceria do INC_Photography e teve apoio do Instituto Inclusartiz.

Compartilhar: