Paulo von Poser | Verve Galeria

Uma homenagem do artista ao símbolo por ele escolhido, há mais de três décadas como um dos temas de suas obras, desta vez, é a primeira rosa de luz neon branca; uma rosa da Paz – a Peace Rose.

“Quando fui convidado para este projeto de instalação na galeria, imediatamente sincronizei este desenho com as pesquisas que venho realizando para minha próxima viagem ao Japão. Além das visitas arquitetônicas e artísticas realizarei um sonho antigo de desenhar num roseiral em Hiroshima no Memorial da Paz. Para mim será o encontro da Rosa com seu destino e sua origem ao mesmo tempo”, declara Paulo von Poser.

As Rosas da Paz (Peace Roses), são híbridos desenvolvidos inicialmente pelo produtor francês Meilland, em 1939, e nomeadas oficialmente nos Estados Unidos no mesmo dia do armistício de Abril 1945, final da 2ª. Guerra Mundial. É tão forte seu significado que, hoje, são jardins e roseirais espalhados pelo mundo numa rede de “Peace Rose Gardens” representando a atualização contemporânea e urbana da simbologia da rosa. É uma rosa cultuada; chegou ao ápice nessa simbologia uma vez que floresce em qualquer local, independente do clima.

Os traços fluidos e precisos do artista compõem a base da rosa de neon e, simultaneamente, criam uma série exclusiva de gravuras, a Rosa Gaia, com linhas brancas sob um fundo Azul Phtalo de tonalidade única, pintados um a um, com tiragem limitada, numerada e assinada.

A Rosa da Paz é o melhor encontro entre a vida das plantas e o desejo humano de florescer. Na minha arte, desenhar continuamente a rosa em transformação, é uma ética que me cura”.

Paulo von Poser, 2019

Compartilhar: