Norberto Noschang | Galeria Arte Abstrata Contemporânea

Norberto Noschang. Ateliê do artista plástico no Open Mall. Fotos de Fabio Rossi

O artista plástico Norberto Noschang fará a 1ª edição de uma série de eventos que vai promover em sua Galeria Arte Abstrata Contemporânea, na Barra. O evento vai contar com exposição de obras inéditas, com um live-painting do artista, coquetel, jam session e algumas surpresas para os convidados.

A origem e dinâmica da Terra, a estrutura da crosta, a luminosidade e as cores dos minerais sempre capturaram o interesse do artista plástico gaúcho, Norberto Noschang. Geólogo de formação, ele trabalhou por décadas no desenvolvimento tecnológico e gestão das energias renováveis, em uma grande empresa de petróleo. Há um ano, passou a dedicar-se integralmente à sua pintura gestual e abstrata, que teve início nos idos de 1990, quando frequentava os cursos da tradicional Escola de Artes Visuais do Parque Lage.

Passional no uso das cores, Noschang utiliza tons vibrantes que se fundem em muitas camadas de tinta acrílica e aterram em telas impactantes de grandes dimensões. O resultado é uma “pintura viva” que, embora representada num plano bidimensional, nos remete a espaços e profundezas. A relação visual estabelecida entre a produção do artista e suas referências geológicas é clara: os oceanos, as rochas e o solo estão presentes em imagens vigorosas que exploram a decomposição da figura.

As séries “Areias”, “Praias”, “Horizontes”, “Pedras Pretas”, “Florestas” e “Ambientes” estão em exposição permanente na Galeria Norberto Noschang, na Barra da Tijuca. É lá também o ateliê, onde o artista desenvolveu técnica própria (sem o uso de pinceis), inclinada ao percurso da emoção e ao ritmo da cor.

Algumas obras já passaram por mostras de grande porte, como a Art Basel Week-2016, em Miami, e a Art Medellin-2016, na Colômbia. Outras foram adquiridas por colecionadores em Houston e Nova York. “É muito gratificante ver meu trabalho ganhando o mundo”, diz Noschang, que também já expôs no Rio e em Paris, no Carroussel du Louvre.

“Quando vi o trabalho do Norberto pela primeira vez, o que me chamou atenção foi a grandiosidade, não só em dimensão, mas também em estilo. A obra dele expressa fluidez e dinamismo de forma única. Há uma certa agitação em cores fortes e autoritárias. Cada tela é uma distinta representação da diversidade brasileira”, avalia a marchand Eliane Dousie, que vive em Nova York, onde representa o trabalho do pintor.

 

Compartilhar: