Missão Lance Ventoux | Espaço Expositivo 321 Jacarandá

© Marcelo Greco

A exposição do lançamento no Brasil do projeto Missão Lance Ventoux – MLV, idealizado e coordenado por Pierre Devin e Fabiana Figueiredo, mostra o resultado da primeira residência artística de fotógrafos brasileiros na região de Provence – entres os montes Lance e Ventoux – na França – no período de 2014 e 2016.

A mostra, que acontece no Espaço Expositivo 321 Jacarandá, traz os trabalho do próprio Devin e de Flávia Tojal, Helena Rios e Marcelo Greco, participantes do MLV, com aproximadamente 65 registros em preto e branco. Pierre Devin também assina a curadoria em parceria com Fabiana Figueiredo.

Esta não é uma experiência nova para Devin. Como fundador e diretor, por mais de 25 anos, do Centre Régionale de la Photographie Nord-Pas-de-Calais – CRP, realizou a edição dos 27 cadernos da renomada Mission Photographique Transmanche – MPT, que contou com nomes como Bernard Plossu, Bruce Gilden, Fabiana Figueiredo, Josef Koudelka, Martin Parr, entre outros. Na MLV mantém seu objetivo, como no período do CRP, de promover fotógrafos que possuam linguagem autoral. O projeto busca promover o desenvolvimento de uma ação articulada internacionalmente e gerar um acervo de obras visuais e literárias que permitam uma reflexão sobre o território da Provence e suas mutações ao longo da história.

Durante a mostra, o público terá acesso a uma palestra e uma seção de leitura de portfólios. A palestra, ministrada por Pierre Devin, terá como tema as Missions Héliographiques ocorridas na França no século XIX, cuja função era registrar o patrimônio arquitetônico nacional do país. A leitura de portfólio, realizada pela dupla de curadores, promoverá o desenvolvimento de relacionamentos para futuras residências artísticas, além de proporcionar a artistas brasileiros uma visão crítica de seus trabalhos.

As informações contidas na agenda são de responsabilidade dos museus e galerias e não representam a opinião da Dasartes.

Compartilhar: