Lançamento do livro Poema/Processo e Performance Paulo Bruscky | Galeria Superfície

O lançamento do livro Poema/Processo: uma vanguarda semiológica, é um projeto e realização da Galeria Superfície em parceria com a editora WMF Martins Fontes, e projeto gráfico do Estúdio Margem.

O livro, contendo 320 páginas, apresenta um panorama histórico da poesia visual no Brasil, documentando as principais atuações e obras produzidas pelo grupo Poema/Processo entre os anos de 1967 a 1986. Com organização de Gustavo Nóbrega, o livro conta com textos históricos escritos por Frederico Morais, Moacy Cirne, Álvaro de Sá, Neide Sá, Frederico Marcos, Anchieta Fernandes e, o mais recente deles, o texto do curador e pesquisador Antonio Sergio Bessa. A organização segue uma ordem cronológica e propõem que a história seja contada pelos próprios artistas e críticos da época, através de fatos e textos publicados em livros, revistas, catálogos e jornais.

No mesmo dia será apresentada uma performance do artista pernambucano Paulo Bruscky em comemoração aos 50 anos do movimento, contando também com a exibição do filme Apocalipopótese (Guerra e Paz), 1968, do poeta e documentarista Raymundo Amado, que registrou uma das primeiras exposições do grupo Poema/Processo, junto com performances de Hélio Oiticica, Lygia Pape e Antonio Manuel, no evento Arte no Aterro, proposto pelo crítico Frederico Morais no Aterro do Flamengo, Rio de Janeiro.

Compartilhar: