Gloria Barbosa | Vila Aberta #4

“Privilégio à Palavra” é poesia pura, expressa através de pinceis e tintas que homenageiam, em quatro painéis e tela de estilo naïf, nomes consagrados como os de Castro Alves, Cora Coralina, Olavo Bilac, Gonçalves Dias e Manoel de Barros. A artista Glória Barbosa inaugura a exposição no seu ateliê, durante o evento “Vila Aberta #4”, que chega à sua quarta edição na charmosa Vila do Largo.

“Meu interesse pela poesia começou quando criança, ouvindo meu pai recitar. Em casa, na intimidade, ou, nas reuniões com amigos. Mais tarde, já no ginásio, minha admiração pelos poetas cresceu. Antologia aberta sobre a carteira, professora de português nos ensinando tão bem a interpretar e declamar poemas”, relembra Glória Barbosa.

O Brasil, tema recorrente no trabalho da artista, se faz presente desta vez representado pela grande poetisa goiana Cora Coralina, pelo surrealismo pantaneiro de Manoel de Barros, evocando temáticas inspiradas no escravagismo de Castro Alves e na exaltação ao índio – traço marcante da obra de Gonçalves Dias -, ou mesmo nas entrelinhas, embarcando no Parnasianismo de Olavo Bilac.

Compartilhar: