Fluxos de Comunicação (Experiência 4) | LabART 760

Shirley Paes Leme

Fluxos de comunicação (Experiência 4) é uma exposição que objetiva abordar questões que formam a relação entre a arte e a comunicabilidade, explorando a dinâmica comunicativa das obras de arte e também inferir acerca dos modos como se distribuem as informações e as trocas culturais no meio social contemporâneo. A mostra conta com a participação de obras de artistas com distintas trajetórias e de distintas gerações, compondo um variado quadro de interesses e aproximações com o conceito da exposição, reunindo os artistas André Petry, Britto Velho, Lucas Schultz, Milton Kurtz e Shirley Paes Leme, as quais vistas em conjunto conferem um interessante panorama dessa interessante relação entre a arte e os modos como, nós humanos, podemos interagir em processos significativos de comunicação.

Com oito obras – a maioria instalações inéditas –, Fluxos de Comunicação (Experiência 4) pretende descortinar questões acerca da importância da arte nos processos comunicativos. “De certa maneira, podemos dizer que a arte é construída e elemento das formas estabelecidas de estruturação comunicativa nas distintas sociedades e culturas. Tal percepção nos leva a compreender a importância dos questionamentos postos pelos pensadores da semiótica quando tratam de questões relativas à arte”, ressalta Tavares. De acordo com o curador, “pensar a obra de arte e as exposições como dispositivos simbólicos de produção de interação comunicativa permite que sua apresentação em um contexto de exposição recebe uma abertura para uma construção generosa de significados acerca da produção em evidência, afastando a arte do predomínio dos especialistas aproximando-a do mundo sem rebaixar seu conteúdo significativo”.

Artistas:

André Petry

Britto Velho

Lucas Schultz

Milton Kurtz

Shirley Paes Leme

Compartilhar: