DŌ – A Caminho da Serenidade | Japan House São Paulo

Cultivando o simbolismo e a tradição da Ikebana – arte da vivificação floral por meio de arranjos -, o térreo da Japan House São Paulo ganha novas cores e formas com a chegada da exposição ‘DŌ – A Caminho da Serenidade’, de 29 de junho a 04 de agosto. Realizada em parceria com a Associação de Ikebana do Brasil, a mostra apresenta trabalhos especiais, instalação permanente e programação paralela que retratam e desvendam detalhes desta filosofia, também conhecida como Kado, – literalmente ‘ka’ (flores) e ‘do’ (caminho).

Trazida ao Brasil pelos imigrantes japoneses, a arte da Ikebana está diretamente ligada a outras tradições englobadas pela filosofia DŌ, como Chado (Chá), Kodo (Incenso) e Budô (artes marciais), entre outras. Repleta de simbolismos que tem como ponto principal o céu, a terra e a humanidade, sua composição harmônica reúne, em um só arranjo, ritmo, cor e linearidade. Diz-se que o ato de deixar uma flor na vertical ao montar um arranjo, remonta à antiga crença de que os deuses descem à Terra por intermédio desta flor, que está de pé.

Durante os séculos, essa cultura absorveu diferentes influências e ganhou novos espaços e usos, que vão além dos tradicionais rituais, dando  origem a variados estilos de Ikebana, integrando atos que fazem parte do espírito omotenashi de acolhimento, como o fato de colher a mais bela flor do jardim para ofertar a uma visita recebida em casa. Com curadoria de Erisson Thompson de Lima Junior, Presidente da Associação de Ikebana do Brasil, a exposição busca disseminar a prática cotidiana desta arte, apresentando semanalmente ao público dez novos e diferentes arranjos, sempre respeitando o ciclo de sazonalidade da natureza.

No total serão 50 arranjos, que serão trocados semanalmente pelas escolas associadas à Associação de Ikebana do Brasil, além de uma instalação permanente assinada pelo curador. Para se aprofundar na filosofia, haverá programação especial que inclui demonstrações práticas desta arte japonesa: às terças-feiras (09, 16, 23 e 30/07), às 11h. E todas as quartas, quintas e sextas-feiras (às 16h e 18h), uma série de conversas com especialistas sobre o tema, complementa o conteúdo.

“A filosofia DŌ é essencial para compreensão do Japão. A partir dessas exposições queremos aproximar o público das diferentes formas e poéticas deste pensamento, bem como de suas práticas milenares que permanecem vivas na sociedade japonesa contemporânea”, declara Natasha Barzaghi Geenen, Diretora Cultural da Japan House São Paulo. Esta exposição retoma a série iniciada em agosto de 2018 – com a exposição DŌ: a caminho da virtude – onde o centro cultural apresentou os conceitos desta filosofia no âmbito das artes marciais.

Compartilhar: