Daisy Xavier | Galeria A2 + Múl.ti.plo

Daisy Xavier é a convidada da galeria A2 + Mul.ti.plo, no Vale das Videiras, para uma conversa sobre arte contemporânea com o professor e crítico Paulo Sergio Duarte, no dia 25 de maio, sábado. Duas vezes indicada ao Prêmio Pipa (2010 e 2019), Daisy fala sobre o processo criativo que permeia sua obra de elevada carga poética, que abarca vídeo, foto, instalações, pinturas e desenhos. A conversa acontece em torno da exposição em cartaz na própria galeria, situada na região de Petrópolis, com entrada franca.

O evento é uma oportunidade de conhecer de perto a obra e o processo criativo da artista, que recentemente lançou no mesmo espaço o livro “Horizontes de Eventos”, com apresentação do curador Franklin Pedroso e texto crítico de Lígia Canongia. A mostra em cartaz na galeria A2 + Mul.ti.plo, até 10 de junho, é composta por aproximadamente 20 obras em diferentes formatos, suportes e materiais, como “O último Azul” (2012), “Pequenas Gravidades” (2016), “Porque não somos naturais” (2016) e desenhos mais recentes da série “O agudo das coisas” (2018).

Segundo Maneco Muller, sócio da A2 + Mul.ti.plo, “as obras de Daisy parecem ter em si um lugar para acolher o imponderável, um olhar ali se ilumina como se tudo o que acontece a sua volta não lhe fosse alheio. Por isso mesmo há uma recusa – de um jeito ou outro – desses trabalhos em aderir à pasmaceira turística da cultura digitalizada dos dias que correm”, diz ele. É a segunda vez que a artista expõe na galeria. A primeira foi na inauguração do espaço, em dezembro de 2014.

Outro evento promovido pela Múl.ti.plo é a conversa com o cineasta Murilo Salles e o professor e especialista em arte e filosofia Pedro Duarte, dessa vez, no espaço do Leblon, no Rio de Janeiro, dia 24 de maio, sexta-feira. Fotos do cineasta estão em exposição no espaço, até 1º de junho.

Compartilhar: